A Torre Negra: O Pistoleiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Gunslinger
O Pistoleiro
Autor (es) Stephen King
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Terror
Série A Torre Negra
Editora Donald M. Grant, Publisher
Lançamento 10 de junho de 1982
Páginas 224
Edição portuguesa
Edição brasileira
Editora Editora Objetiva
Páginas 216
Cronologia
Último
Último
A Escolha dos Três
Próximo
Próximo

O Pistoleiro (no original The Gunslinger) é uma das obras de maior importância do cultuado escritor norte-americano Stephen King, primeiro da série A Torre Negra. Considerada pelo próprio King como sua obra mais ambiciosa, este livro e seus subseqüentes foram inspirados no poema “Childe Roland to the Dark Tower Came”, do escritor Robert Browning, além de conterem inúmeras referências, como por exemplo, às lendas arthunianas e diversos elementos da cultura pop.

Em março de 1970, Stephen King começou a escrever quando tinha apenas 19 anos, tendo como inspiração os livros de J. R. R. Tolkien e filmes de caubóis do Velho Oeste. Os cinco capítulos do livro foram primeiramente publicados na revista The Magazine of Fantasy & Science Fiction:

  • "The Gunslinger" (Outubro de 1978)
  • "The Way Station" (Abril de 1980)
  • "The Oracle and the Mountains" (Fevereiro de 1981)
  • "The Slow Mutants" (Julho de 1981)
  • "The Gunslinger and the Dark Man" (Novembro de 1981)

A primeira publicação do texto integral ocorreu em 1982, como uma edição limitada, tendo sua publicação em massa ocorrido apenas em 1988. Desde então o livro foi lançado em vários formatos diferentes, incluindo caixas contendo os demais volumes da série. Em 2003, King revisou a versão original de O Pistoleiro, acrescentando ou retirando algumas passagens, com o objetivo de manter o primeiro volume coerente com o restante da série.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O livro é iniciado com a fuga do homem de preto pelo deserto, com um pistoleiro em seu encalço. Roland Deschain é o ultimo dos pistoleiros de seu mundo, relativamente diferentes dos do nosso graças as práticas e costumes inspiradas em ordens cavaleiriças do mundo medieval com seus rígidos códigos de conduta e honra. Como seu objetivo temos a busca obstinada pela Torre Negra, dita como o eixo de todo o tempo e espaço. Acreditando que o mesmo possui indicações para seu destino, o pistoleiro persegue um mago chamado apenas de Homem de Preto, que atravesa o deserto na sua frente.

Pelo caminho Roland se vê obrigado a cruzar a cidade desolada de Tull, onde é vítima de uma armadilha deixada pelo Homem de Preto que resulta em uma grande tragédia, mas não se deixa deter e segue no rastro do mago. Em seguida encontra John Chambers (apelidado de Jake), um menino que foi transportado para o mundo de Roland depois de morrer em circunstâncias trágicas na Nova York de 1977, vindo parar em um celeiro no meio do deserto. Jake faz o papel de filho simbólico de Roland, mas que acaba sendo sacrificado pelo mesmo quando surge a necessidade da escolha entre sua vida e a pegar o Homem de Preto. Suas últimas palavras são "Vá, então. Existem outros mundos além deste." A importância dessas palavras é revelada ao longo da saga central conforme seu progresso.

O livro conclui com o Homem de Preto sendo alcançado e revelando fatos importantes sobre o destino de Roland e sua busca, tirando a sorte do pistoleiro através de cartas de tarô. São revelados: O Enforcado,("Você, pistoleiro, é o Enforcado impelido sempre para um objetivo sobre os abismos de Na'ar."), O Marinheiro("Ele se afoga, pistoleiro, e ninguém entra na água para salvá-lo, o garoto Jake."), O Prisioneiro("A fogueira atirava incômodas sombras oscilantes sobre o rosto do homem subjugado, dando a ilusão de que se mexia, se contorcia numa dor inexprimível."), a Dama das Sombras("Ela não parece ter duas caras, pistoleiro? Pois tem. Pelo menos duas caras.")e A Morte ("Mas não pra você, pistoleiro."), A Torre("Eis a Torre", coloca a carta sobre o Enforcado, cobrindo-o completamente), e a sétima carta, A Vida("Mas não para você"). É sobre a profecia dessas cartas que o próximo volume da saga se baseia, enquanto Roland progride em sua jornada.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Roland Deschain — o último pistoleiro vivo no mundo, que tem como o grande objetivo de sua vida chegar à Torre Negra;
  • Walter — também conhecido como homem de preto, é um feiticeiro que Roland persegue durante o livro;
  • Jake Chambers — garoto que morreu em 1977 na cidade de Nova Iorque, e misteriosamente foi transportado para o mundo de Roland e encontrado por ele num posto de parada no Deserto de Mohaine;