A Viagem de Parvana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Viagem de Parvana
Autor (es) Deborah Ellis
Idioma Inglês
País Canadá
Arte de capa Pascal Milelli
Tradutor Calos Orsi Martinho
Editora Flag of Brazil.svg Editora Ática
Lançamento 2002
Páginas 142 páginas
ISBN ISBN aluno : 978 85 08 10066-8 -- ISBN professor : 978 85 08 10065-1
Cronologia
Último
Último
A Outra Face
Próximo
Próximo

A Viagem de Parvana é a sequela de A Outra Face de Deborah Ellis. A história mostra a viagem de uma garota afegã pelo Afeganitão em busca de seus pais. Ela acaba encontrando várias pessoas no caminho e algumas até passam a viajar com ela. É uma ficção baseada em fatos reias da realidade sofrida pelo povo afegão durante o regime talibã.

Síntese[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O livro começa com Parvana no enterro de seu pai em um vilarejo. Ela mais tarde parte novamente para continuar sua viagem em busca de sua família. No caminho se depara com um vilarejo destruído pelos bombardeios, e nele encontra um bêbe abandonado. Ela passa a ajudar o bebê que passa a viajar junto com Parvana. Ela o nomeia de Hassan. Sua viagem passa por vários lugares e Parvana passa a escrever algumas cartas para sua amiga Shauzia. As cartas são como um diário para Parvana, onde ele passa a descrever como está sua viagem.

Mais tarde Parvana encontra uma caverna, onde vive um menino sem uma perna: Azif. Eles passam por um conflito, mas mais tarde se entendem e Azif, mesmo implicante com Parvana, passa a segui-la em sua viagem junto com Hassan.

Eles mais tarde encontram uma menina que vive com sua vó. A menina se chamava Leila. Hassan, Azif e Parvana (ou Cassin, como era conhecida pelo seu disfarce masculino), passam a viver junto com a família da menina. Seu pai e irmão foram para a guerra, e a família recebeu a notícia de que eles haviam morrido em combate. A mãe não acreditou, e saiu para procurá-los, deixando a meninas aos cuidados de sua avó.

Certo dia, a casa é bombardeada. Todos sobrevivem, menos a avó de Leila. Parvana e seus amigos passam a viajar novamente. Ela encontra um campo de refugiados onde passa a viver por necessidade de comida.

No final do livro, aviões passam jogando caixas com alimentos. Em busca de uma caixa, Leila, que até então não tinha medo das minas terrestres, vai para um campo de minas em busca de uma caixa. Ela pisa em uma mina e morre, e no meio da confusão, Parvana encontra sua mãe.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Jobascrilda
  • Neymar
  • Paris Hilton
  • Gordon Ramsay
  • Dilma

Parvana é uma garota afegã em que se veste de menino para poder trabalhar e por causa de sua cultura que as mulheres tem que andar sempre acompanhadas de um homem (e virando Cassin).Seu pai havia falecido,o sepultamento já havia sido terminado (feito por um homem desconhecido),perto de Parvana estava vário homens a maioria velho e os jovens alguns sem pernas, outros sem braço,etc... Um dos homens convidou-a para fica hospedada em sua casa (mas oque ele queria era vender Parvana)foi até a a sua casa pegou algumas roupas e livros(os livros eram de seu pai pois ele era professor) e foi morar com o homem(e fingindo que era menino)pois ela brincava c/ as crianças de lá e em uma certa noite uma menina acordou Parvana dizendo que soldados talibanos viriam te buscar, ela acreditou na menina e fugiu.Com sede e com fome encontrou um lugar a onde já tinha sido bombardeado (por causa das guerras) encontrou um bebe o qual deu o nome de Hassan. Em um certo lugar encontra uma caverna e dentro desta caverna já morava um garoto que tinha uma de suas perna mutilada e que tinha sido comida por um lobo.Ele se chama Azif (seus pais tinha sido morto e ficou com seu tio que o maltratava muito e tinha fugido dele). Eles resolveram partir da caverna e encontraram um campo de refugiados em que eles foram procurar um emprego, encontraram um homem que deu um trabalho para Cassin(Parvana)em que em troca receberia comida.Parvana limpou o galinhero e recebeu muito pouco alimento,o homem não teve dó de Parvana, Azif de Hassan.Então eles segiram viagem e encontraram uma menina que se chamava Leila e que morava com com sua avó. Bombas estavam chegando cada vez mais perto da casa de Leila e certo dia eles estavam em uma montanha.Quando um avião bombardeou a casa de Leira matando a sua avó. Decidiram seguir viagem um campo de refugiados, que puderam levar Hassan para ser medicado(porque ele estava doente e desnutrido).Um avião jogou alguns alimentos e um deles cairam sobre um campo minado, em que leila foi buscar ,e acabou sendo morta.Chorando em cima do corpo de Leila, Parvana encontra sua mãe que estava refugiado no outro lado do vilarejo.