A Voz dos Deuses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Voz dos Deuses (Memórias de um companheiro de Viriato), publicado em 1984, é um romance do escritor português João Aguiar. Conta a história de Viriato de uma forma inovadora em relação às precedentes obras escritas sobre o chefe lusitano.

De facto, João Aguiar apoiou-se com fidelidade em dados etnográficos, históricos e arqueológicos para escrever o seu romance.

O autor colocou-se na pele de Tongio, velho sacerdote do deus Endovélico, que narra a história da sua vida e o seu encontro com Viriato. Pela parte da mãe, Tongio pertence à tribo dos cónios (ou cúneos), um povo do sudoeste da península Ibérica, anterior aos romanos, que é igualmente protagonizado no livro de Victor Borges Cursum Perficio – Viagem a Akhshânba.[1] O que hoje é o Sul de Portugal fazia parte da Tartéssia, uma civilização que teve pontos altos em cidades como Gadir, a atual Cádis (em espanhol, Cádiz).

O romance A Voz dos Deuses, com inúmeras reedições e que será traduzido para espanhol, serviu de inspiração ao músico Jorge Salgueiro para a sua 1ª Sinfonia.[2]

Referências

  1. Cursum Perficio – Viagem a Akhshânba, de Victor Borges, ed. Orfeu, livraria portuguesa e galega de Bruxelas, ISBN: 978-2-87530-004-1, 2010
  2. Novidades Jorgesalgueiro.com. Visitado em 29 de Dezembro de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.