Abadia de Cluny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Actual abadia de Cluny.

A Abadia de Cluny, localizada na Borgonha, foi construída no século X e exerceu profunda influência na cristandade dos séculos posteriores com a Reforma de Cluny, inclusive além de suas fronteiras.

Nela estava estabelecida a sede ou casa-mãe da célebre beneditina Ordem de Cluny.

Na Abadia de Cluny reuniam-se os eclesiásticos que lutavam pelo restabelecimento do poder divino da Igreja Católica sobre o Sacro Império Romano Germânico, iniciando o processo que daria origem à Concordata de Worms em 1122, a qual consagrou a supremacia dos eclesiásticos sobre os imperadores, encerrando a chamada Questão das Investiduras.

Uma igreja que contivesse um certo número de relíquias santas estaria favorecida não só porque atraía um grande número de fiéis, mas também devido a quantidade de ofertas. Daí uma das razões para a popularidade da sua igreja.

O Guilherme I, o Pio (893-918), Conde de Auvérnia, Conde palatino da Borgonha, Duque da Aquitânia foi o fundador desta abadia de Cluny em 11 de Setembro de 910.

Mais tarde, D. Hugo, Duque da Borgonha, um dos irmãos de D. Henrique da Borgonha, Conde de Portugal, foi um dos seus priores.

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abadia de Cluny
Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

]]