Abandinus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Abandinus foi um nome usado para se referir a um deus céltico ou espírito masculino cultuado em Godmanchester, em Cambridgeshire durante o período romano-céltico.

Evidência Epigráfica[editar | editar código-fonte]

Abandinus é representado na Britânia sobre uma única pedra de altar. É desconhecido por todo o resto do Império Romano e é portanto pensado de ter sido um deus local do forte romano em Godmanchester, em Cambridgeshire, possivelmente associado a, ou uma nascente natural, ou um riacho na vizinhança [1]

O forte romano em Godmanchester, um terreno estratégico em Ermine Street no cruzamento da River Great Ouse, é pensado ter sido chamado Durovigutum [2] . O deus é conhecido apenas de uma pena de bronze inscrita, muito provavelmente algum tipo de objeto votivo, dedicado a ele [2] . A inscrição sobre a pena de bronze diz:

"DEO ABANDINO VATIAVCVS D S D"

  • ‘Ao deus Abandinus, Vatiacus dedica este fora de seus próprias economias’[2] .

Semânticas do teônimo[editar | editar código-fonte]

As semânticas do teônimo são desconhecidas. A mesma coisa, conhecimento linguístico da palavra proto-céltica permite um estreitamento das possibilidades prováveis da semântica do teônimo. O nome poderia ser interpretado como uma forma estendida de uma raiz composta de elementos proto-célticos derivando das raízes proto-indo-européias *ad- ‘para’ [3] + ou *bʰend- ‘cantar, regozijar’ [4] or *bʰendʰ- ‘amarrar’ [5] . Seguindo esta linha, o nome significaria ‘(o deus) que canta para (algo/alguém)’ ou ‘(o deus) que amarra (algo/alguém) a (algo/alguém).’ Entretanto, é possível também ver o nome como uma forma estendida de uma forma variante da palavra proto-céltica *abon- ‘rio,’ derivado da raiz proto-indo-européia *ab-, *h₂eb- ‘água, rio’ [6] . O nome romano-céltico para a Humber está documentado como tendo sido Abus [7] que sugere que um elemento mais curto *abo- existiu no léxico proto-céltico como uma palavra para ‘rio’ ou ‘água’. Este elemento *abo- poderia ter sido a fonte do elemento Ab-- no teônimo Abandinus. Então o nome pode ter sido analisado como *Ab-AndinusAndinus do Rio,’ Andinus sendo um teônimo atestado em outro lugar no antigo Império Romano.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Os deuses da Britânia Romana
  2. a b c Dvrovigvtvm
  3. Indogermanisches etymologisches Wörterbuch:entry 7, Indogermanisches Wörterbuch, 2.
  4. Indogermanisches etymologisches Wörterbuch:entry 226, Indogermanisches Wörterbuch, 118.
  5. Indogermanisches etymologisches Wörterbuch:entry 227, Indogermanisches Wörterbuch, 118.
  6. Indogermanisches etymologisches Wörterbuch:entry 2, Indogermanisches Wörterbuch, 1.
  7. (q.v. Seção histórica do artigo da Wikipedia no Humber)



Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia celta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.