Abbott and Costello Meet Frankenstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Abbott and Costello Meet Frankenstein
Abbott, Costello e Frankenstein (PT)
Às voltas com fantasmas (BR)
 Estados Unidos
1948 • pb • 83 min 
Direção Charles Barton
Roteiro Robert Lees
Frederic I. Rinaldo
John Grant
Elenco Bud Abbott
Lou Costello
Lon Chaney Jr.
Bela Lugosi
Glenn Strange
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Abbott and Costello Meet Frankenstein (br.: Às voltas com fantasmas) é um filme estadunidense de 1948 do gênero "Comédia" dirigido por Charles Barton. O filme é mais um da série de comédias estrelada pela dupla Abbott e Costello.

Esse é o primeiro dos vários filmes da série com a dupla nas quais aparecem os famosos "monstros da Universal". Em cena estão Drácula, Frankenstein e Lobisomem. Nos filmes seguintes estrelam a Múmia, Dr. Jekyll e Mr. Hyde e Homem Invisivel. Em um especial de TV da dupla na década de 1950, foi gravado um quadro cômico no qual apareceu o Monstro da Lagoa Negra, surgido em um filme de 1954.

O filme foi relançado em 1956 juntamente com Abbott and Costello Meet the Killer, Boris Karloff. Em 2001 o filme foi considerado culturalmente relevante pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e em 2007 foi escolhido para preservação pelo National Film Registry.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Chick Young e Wilbur Grey são funcionários de uma transportadora em LaMirada, Flórida. Eles recebem duas enormes caixas encomendadas pelo Museu do Horror, de propriedade do senhor McDougal. Quando o agente da seguradora chega com McDougal para investigar o conteúdo das caixas, eles percebem que os corpos do Conde Drácula e da criatura de Frankenstein que deveriam estar nas mesmas, desapareceram. O que aconteceu foi que o Conde Drácula acordou e levou a criatura para um castelo em uma ilha, onde é recebido pela Doutora Mornay. Culpando Chick e Wilbur pelo desaparecimento, o senhor McDougal faz com que a dupla seja presa por "roubo". A investigadora do seguro, Joan Raymond, paga a fiança e passa a seguir a dupla, fingindo interesse em Wilbur. Wilbur também é assediado pela Doutora Mornay, que na verdade quer atraí-lo para o seu castelo para que seu cérebro seja retirado e colocado na criatura de Frankenstein, a mando do Conde Drácula. Chick e Wilbur, contudo, recebem a ajuda de Larry Talbot, o Lobisomem, que descobriu o plano de Drácula e quer impedi-lo.

Produção[editar | editar código-fonte]

  • Walter Lantz, famoso criador do Pica Pau, realizou a animação da transformação de Drácula em morcego.
  • Costello não gostou do roteiro.[1] Ele afirmara que até sua filha de cinco anos de idade poderia ter escrito algo melhor mas se animou com a história durante as filmagens.
  • Boris Karloff foi contatado para interpretar a criatura de Frankenstein mais uma vez, mas não aceitou o convite. Contudo, ajudou a promover o filme e posou para várias fotos, inclusive uma em que aparece comprando os bilhetes para o cinema. Sua recusa foi devido a considerar o filme como um insulto, todavia.
  • Na cena no laboratório onde a criatura joga Sandra pela janela e passa a perseguir Chick e Wilbur, Glenn Strange tropeçou num cabo de câmara e quebrou o pé. Lon Chaney, que não trabalharia aquele dia, assumiu o papel da criatura para aquela única cena.[2]
  • Essa foi a única vez que Bela Lugosi reprisou o papel de Drácula que criara no filme de 1931, como sendo um dos protagonistas. Antes, ele tinha interpretado vampiros em Mark of the Vampire (1935), The Return of the Vampire (1944) e Old Mother Riley Meets the Vampire (1952), e fez uma aparição cômica como Drácula em Hollywood on Parade, curta-metragem de 1933.[3]

Referências

  1. Furmanek, Bob; Palumbo, Ron (1991). Abbott and Costello in Hollywood. New York: Perigee Books. ISBN 0-399-51605-0
  2. Glut, Donald F. (1973). The Frankenstein Legend: A Tribute to Mary Shelley and Boris Karloff. Metuchen, NJ: The Scarcrow Press, Inc. ISBN 0-8108-0589-8
  3. Fitzgerald, Michael G. (1977), Universal Pictures: A Panoramic History in Words, Pictures, and Filmographies, New Rochelle, New York: Arlington House Publishers, p. 60, ISBN 0-87000-366-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]