Abderramão V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Abderramão V
عبد الرحمن بن هشام المستظهر بالله
14º Califa de Córdova (o 10º omíada)
Governo
Reinado 1023-1024
Antecessor Abderramão IV
Dinastia Omíadas
Vida
Nome completo Abd-ar-Rahman ibn Hixam ibn Abd-al-Jabbar al-Mustàdhhir bi-L•lah
Morte 17 de janeiro de 1024
Pai Hisham III

Abderramão V ou Abd ar-Rahman V (em árabe: عبد الرحمن بن هشام المستظهر بالله ʿAbd al-Raḥmān ibn Hishām al-Mustaẓhir bi-llāh), dito Muzazir, foi o décimo-quarto califa de Córdoba, o décimo pertencente à Dinastia omíada (sendo que três deles ocuparam o trono por dois períodos), entre 1023 e 1024, ano da sua morte.

História[editar | editar código-fonte]

Abderramão era irmão de Maomé II, o quarto califa de Córdova, tendo sido eleito em 2 de dezembro de 1023, altura em que o habitantes de Córdova decidiram expulsar do trono a Dinastia hamudita, na altura representada por Al-Qasim al-Mamun, e substituí-la pela omíada, que consideravam legítima.

Convertido numa autêntica marioneta pelas várias facções que pululavam na capital do califado, Abderramão V, que adoptou o título de "al-Mustaẓhir bi-llāh" ("O que implora o socorro de Alá"), foi incapaz de sufocar os constantes distúrbios. O seu reinado durou apenas dois meses e meio, já que em 17 de janeiro de 1024 foi executado no decurso de motins que assolaram a cidade por ordem do seu primo Maomé III, a quem os amotinados tinham proclamado como novo califa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Abderramão V
Morte: 1024
Precedido por:
Abderramão IV
Líder omíada
1017–1024
Sucedido por:
Maomé III
Precedido por:
al-Qasim
Califa de Córdoba
1023–1024

Bibliografia[editar | editar código-fonte]