Abigaíl (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Abigail é uma telenovela venezuelana transmitida pela RCTV. Foi escrita por Elizabeth Alezard, Gomez Alberto, Lujan Mariana, Montalva Amparo, e Helen Mary Porter e dirigida por Tito Rojas. E foi portagonizada por Catherine Fulop, Fernando Carrillo e Hilda Abrahamz. Em Portugal esta telenovela foi exibida na década de 90 pela TVI. Exibida no Brasil pela Rede Bandeirantes no ano de 1992, mas pela baixa audiência que obteve, ela foi retirada após três dias de exibição.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Conta a história da Abigail, única filha de um rico empresário, ela se apaixona pelo professor Carlos Alfredo, que ensina literatura no Colégio San Lazaro. Abigail conseguiu conquistar o professor Carlos Alfredo de quem depois tem um filho, que ela dá a um piloto desconhecido em um momento de loucura mentais. Abigail lutou por muitos anos para ter seu filho de volta e para reconquistar o amor de Carlos Alfredo, que culpa a perda de seu filho. Seu filho, Cheito, reaparece anos mais tarde, um dia, quando, por necessidade, vem para roubar a mansão de Abigail. Abigail também tem que lidar com as irmãs gêmeas, Maria Clara e Maria Begoña, tentando roubar-lhe o seu amor. A história é uma odisséia de amor que um casamento vai sortear errado, uma crise de loucura, um filho, um pai fora para a união feliz de Abigail e Carlos Alfredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Produção[editar | editar código-fonte]