Abraham-Louis Buvelot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Buvelot & Moreaux: Rua do Ouvidor, do álbum Rio de Janeiro Pitoresco, c. 1845.
Por do sol, 1876.

Abraham-Louis Buvelot (Morges, 1814 - Melbourne, 1888) foi um artista da Suíça que teve marcante passagem pelo Brasil e pela Austrália no século XIX.

Era pintor, litógrafo, fotógrafo, desenhista e professor. Estudou com Marc-Louis Arlaud na Escola de Desenho de Lausanne, transferindo-se para o Brasil em 1835, fixando-se primeiro em Salvador, onde deu aulas de pintura, e a seguir no Rio de Janeiro. Na então capital brasileira realizou uma paisagem por encomenda da imperatriz Dona Teresa Cristina que lhe valeu o título de Cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa.

Junto com Louis-Auguste Moreaux fez diversos registros em litografia da paisagem e da gente carioca, reunidas no álbum O Rio de Janeiro Pitoresco, publicado em 1850.[1] Foi um dos fundadores da Officina Imperial Buvelot & Prat, que funcionou de 1845 até 1856 e prestou diversos serviços em daguerreotipia para a Casa Imperial, sendo por isso agraciados com o título de Photographos da Casa Imperial.

Em 1860 voltou para a Suíça, partindo poucos anos depois para a Austrália, com breve passagem pelo Brasil. Radicando-se em Melbourne, onde veio a falecer, desenvolveu intensa atividade como paisagista.

Notas e referências

  1. Laudelino Freire dá a data de 1845[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abraham-Louis Buvelot