Abrolhos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arquipélago dos Abrolhos
Geografia física
País  Brasil
 Bahia
Localização Oceano Atlântico
Ilha Redonda.jpg
Imagem da Ilha Redonda.

O Arquipélago dos Abrolhos localiza-se no Oceano Atlântico, no sul do litoral do estado da Bahia, Brasil.

É constituído por cinco ilhas, estando a trinta e seis milhas náuticas (aproximadamente setenta e dois quilômetros) da costa de Caravelas.

As cinco ilhas do arquipélago são:

As duas últimas (Sueste e Guarita) são áreas intangíveis, ou seja, o desembarque nestas ilhas é proibido.

As ilhas estão dispersas numa área total de 913 km², área que pertence ao Parque Abrolhos - Parque Nacional Marinho, estando sob o controle do ICMBio e com apoio da Marinha do Brasil.

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos[editar | editar código-fonte]

O arquipélago dos Abrolhos foi a primeira área do Brasil que recebeu o título de "Parque Nacional Marinho", pelo decreto n° 88.218, de 6 de abril de 1983[1] .

Localização[editar | editar código-fonte]

Uma baleia-jubarte subindo à superfície em Abrolhos.

A cidade mais próxima da unidade é Caravelas, que fica a uma distância de 950 km da capital do estado, da qual o acesso pode ser feito através da BR-101. Daí, o acesso pode ser feito de Catamarã (o mais rápido faz o percurso em 2 horas), lancha (2,5 horas), de traineira (4 horas) ou de escuna (6 horas), partindo-se de Caravelas, que fica a 36 milhas náuticas do Parque.

Atrações[editar | editar código-fonte]

Possui excelente área para mergulho autônomo e livre, pois as formações de corais abrigam grande diversidade de fauna marinha. Nas ilhas, a atração fica por conta das aves nidificando nas formações rochosas. O Parque é aberto todos os dias. Diversas embarcações oferecem passeio de um dia ou mais à unidade. A partir de julho, inicia-se a temporada das baleias jubarte.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Decreto Nº 88.218, de 6 de Abril de 1983. Página visitada em 21 de Janeiro de 2014.