Abu'l-Fazl ibn Mubarak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Abu'l-Fazl ibn Mubarak
ابوالفضل
Nascimento 14 de janeiro de 1551
Morte 12 de agosto de 1602 (51 anos)
Nacionalidade Flag of the Mughal Empire.svg mogol
Ocupação Vizir

O xeque Abu al-Fazl ibn Mubarak (em persa: ابو الفضل) também conhecido como Abu'l-Fazl, Abu'l Fadl e Abu'l-Fadl 'Allami (14 de janeiro de 1551 - 12 de agosto de 1602) foi um vizir do grande imperador mogol Akbar, e autor do Akbarnama, a história oficial do reinado de Akbar em três volumes, o terceiro volume é conhecido como o Ain-i-Akbari e uma tradução persa da Bíblia.[1] Foi também irmão de Faizi, o poeta laureado do imperador Akbar.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A corte de Akbar, uma ilustração de um manuscrito do Akbarnama.

Abu'l Fazl foi o quinto descendente do xeque Musa que viveu em Rel Sind. Seu avô, xeque Khizr viveu em Nagaur, onde seu pai, o xeque Mubarak, nasceu. Inicialmente o xeque Mubarak estudou em Nagaur sob a orientação de Ahrar Khwaja. Mais tarde foi para Ahmedabad e estudou com os xeques Umar e Yusuf. Finalmente, estabeleceu-se em Agra, onde seu filho mais velho, o poeta Abu'l Faizi e seu segundo filho, Abu'l Fazl, nasceram[2] Chegou à corte de Akbar em 1575 e foi influente na visão religiosa de Akbar tornando-se mais liberal nas décadas de 1580 e 1590. Liderou também o exército imperial mogol em suas guerras no Decão.

Foi assassinado por Vir Singh Bundela (que mais tarde tornou-se governante de Orchha) entre Sarai Vir e Antri (perto de Narwar) em uma trama inventada pelo príncipe mogol Salim[3] , que mais tarde tornou-se o imperador Jahangir em 1602, porque Abu'l Fazl era conhecido por se opor à acessão do príncipe Salim ao trono. Sua cabeça decepada foi enviada para Salim em Allahabad. Abu'l Fazl foi enterrado em Antri.[4] [5] O filho de Abu'l Fazl, xeque Abdur Rahman Afzal Khan (29 de dezembro de 1571 - 1613) foi mais tarde nomeado governador de Bihar em 1608 por Jahangir[6]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Akbarnama

O Akbarnama é um documento da história do reinado de Akbar e seus antecessores contada em três volumes. Contém a história dos antecessores de Akbar desde Timur até Humayun, o início do governo de Akbar até o ano 46 de seu reinado (1602), e um relatório administrativo do império de Akbar, o Ain-i-Akbari, que faz parte dos três volumes. O terceiro volume do Ain-i-Akbari dá conta da ancestralidade e da vida do autor. O Ain-i-Akbari foi concluído no ano 42 do reinado de Akbar, mas um pequeno acréscimo foi feito nele no ano 43 do reinado por ocasião da conquista de Berar[7] [8]

Ruqaʿāt

O Ruqaʿāt ou o Ruqaʿāt-i-Abu'l Fazl é uma coleção de cartas particulares de Abū al-Fażl para Murad, Daniyal, Akbar, Mariam Makani, Salim (Jahangir), as esposas e filhas de Akbar, seu pai, mãe e irmãos e vários outros notáveis nomes contemporâneos[7] compilado por seu sobrinho Nūr al-Dīn Muḥammad.

Inshā-i-Abu'l Fazl

O Inshā-i-Abu'l Fazl ou o Maqtubāt-i-Allami contém os despachos oficiais escritos por Abu'l Fazl. Está dividido em duas partes. A primeira parte contém as cartas de Akbar para Abdullah Khan Uzbeg de Turan, para o xá Abbas, da Pérsia, para o rajá Ali Khan de Khandesh, Burhan-ul-Mulk de Ahmadnagar e para os seus próprios nobres como Abdur Rahim Khan Khanan. A segunda parte consiste das cartas de Abu'l Fazl para Akbar, Daniyal, o xá Mirza Rukh e Khanan Khan.[7] Esta coleção foi compilada por Abd-us-samad, filho de Afzal Muhammad, que afirma ser filho da irmã de Abu'l Fazl, bem como seu genro[8] .

Referências

  1. Abu al Fazl Biography and Works. persian.packhum.org. Página visitada em 31-3-2010.
  2. Blochmann, H. (tr.). The Ain-I Akbari by Abu'l-Fazl Allami. [S.l.]: The Asiatic Society, 1927. xxv-lix p.
  3. Orchha. British Library.
  4. Majumdar, R.C.. The Mughul Empire. [S.l.]: Bharatiya Vidya Bhavan, 2007. 167 p.
  5. Blochmann, H. (tr.). The Ain-I Akbari by Abu'l-Fazl Allami. [S.l.]: The Asiatic Society, 1927. lxviii-lxix p.
  6. Blochmann, H. (tr.). The Ain-I Akbari by Abu'l-Fazl Allami. [S.l.]: The Asiatic Society, 1927. lviii-lix p.
  7. a b c Majumdar, R.C.. The Mughul Empire. [S.l.]: Bharatiya Vidya Bhavan, 2007. 5-6 p.
  8. a b Blochmann, H. (tr.). The Ain-I Akbari by Abu'l-Fazl Allami. [S.l.]: The Asiatic Society, 1927. liii p.

Leituras adicionais[editar | editar código-fonte]

  • Rizvi, Saiyid Athar Abbas. Religious and Intellectual History of the Muslims in Akbar's Reign: With Special Reference to Abu'l Fazl. Nova Deli: Munshiram Manoharlal Publishers Pvt. Ltd., 1975.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]