Abuso sexual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Soc não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Abuso sexual é a denominação vulgar e legal para designar uma série de práticas sexuais onde há o desvirtuamento de alguns pressupostos necessários para sua ocorrência, tais como a falta de consentimento, ou uso da violência, física ou moral. O abuso sexual interessa ao Direito, pois configura crime, e ainda à Psicologia e Psiquiatria, como potencial causador de traumas emocionais.

Exemplos de abusos sexuais são:

  • Ato sexual forçado, tal como estupro (ato de esforçar alguém a ter relações sexuais contra a sua vontade, por meio de violência ou ameaça= violação) ou curra (violação sexual praticada por mais de uma pessoa ou com cumplicidade de outro ou outros).
  • Formas psicológicas de abuso, como o uso de frases derrogatórias, como acontece no assédio sexual.
  • A exploração sexual.


Ver também[editar | editar código-fonte]