Abwehr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serviço secreto de rádio na OKW (Amt Ausland/Abwehr).

Abwehr (em língua alemã: "defesa") nome do serviço de informação do exército alemão, ativo de 1925 a 1944.[1]

Reportava-se diretamente ao OKW (Oberkommando der Wehrmacht), alto comando das forças armadas alemãs.[2] [3] [4] [5]

Era chefiado pelo almirante Wilhelm Canaris até 1944. Canaris foi detido por participar da resistência alemã, e posteriormente acusado de participar do atentado de 20 de Julho. Foi substituído por Walter Schellenberg.

Referências

  1. Snyder 1998, p. 1
  2. Hans Schafranek: Unternehmen „Nordpol“. Das „Englandspiel“ der deutschen militärischen Abwehr in den Jahren 1942–1944. In: Hans Schafranek / Johannes Tuchel (Hrsg.), Krieg im Äther. Widerstand und Spionage im Zweiten Weltkrieg. Picus-Verlag: Wien 2004
  3. Simon Kitson, The Hunt for Nazi Spies: Fighting Espionage in Vichy France, Chicago, University of Chicago Press, 2008
  4. Zaffiri 2008
  5. Farago 1978

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Farago, Ladislas. The game of the foxes: the untold story of German espionage in the United States and Great Britain during World War II (em inglês). New York: Bantam Books, 1978. 878 pp. ISBN 978-0-553-12342-5
  • Snyder, Louis L.. Encyclopedia of the Third Reich (em inglês). Ware, Hertfordshire: Wordsworth Editions, 1998. 410 pp. ISBN 1-85326-684-1
  • Zaffiri, Gabriele. Abwehr. Il servizio segreto militare del Terzo Reich (em italiano). [S.l.]: Nicola Calabria Editore, 2008. 144 pp. ISBN 978-88-95544-91-5

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abwehr