Academia de Ciências da Polônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Palácio Staszic, sede da Academia de Ciências da Polônia, no centro de Varsóvia. A sua frente a estátua de Nicolau Copérnico, obra de Bertel Thorvaldsen.

A Academia de Ciências da Polônia, sediada em Varsóvia, é uma das duas instituições polonesas categorizadas como academia de ciências.

História[editar | editar código-fonte]

A Academia de Ciências da Polônia (em polonês: Polska Akademia Nauk, abreviada PAN) é uma instituição acadêmica estatal, sediada em Varsóvia, estabelecida em 1952 pela fusão de sociedades acadêmicas anteriores, incluindo a Academia de Aprendizagem da Polônia (Polska Akademia Umiejętności, abreviada PAU), com sede em Cracóvia, e a Academia dos Amigos da Ciência de Cracóvia, fundadas no final do século XVIII.

A PAN funciona como uma sociedade acadêmica agindo através de uma corporação eleita dos principais estudiosos e instituições de pesquisa. A academia, operando através de suas comissões, tornou-se um órgão científico consultivo de destaque.

Outro aspecto da academia é a sua coordenação e supervisão de numerosos (várias dezenas) institutos de pesquisa. Os institutos PAN empregam mais de 2.000 pessoas, e são financiados por cerca de um terço do orçamento do governo polonês para a ciência.

Em 1989 a Academia de Aprendizagem da Polônia, em Cracóvia, retomou a sua existência independente, separada da PAN, em Varsóvia.

Institutos[editar | editar código-fonte]

A Academia de Ciências da Polônia inclui diversos institutos, tais como:

Alguns membros notáveis[editar | editar código-fonte]

Alguns membros estrangeiros[editar | editar código-fonte]

Periódicos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]