Accara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAccara
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Género: Accara
Espécies
Ver texto

Accara é um género botânico, recente, da família das mirtáceas, criado por Leslie Landrum para incluir propositadamente a espécie antes designada como Myrtus elegans, actualmente designada como Accara elegans e que constitui a única espécie deste grupo taxonómico. Landrum decidiu criar o género já que considerou que a planta, da subtribo Myrtinae não podia inscrever-se, pelas suas características (especialmente a nível da semente e da estrutura embrionária), em nenhum dos géneros existentes, nem no género Psidium, onde também era inscrita segundo alguns autores. O nome da espécie deriva de um anagrama de Caraça, localidade brasileira onde foram colectados alguns espécimes para estudo, de forma a ficar semelhante a Acca, outro género das sapindáceas. A planta mede cerca de 1 a 2 metros de altura.

Sinonímia botânica[editar | editar código-fonte]

A espécie tem, ainda, sido designada como:

  • Myrtus elegans
  • Psidium elegans
  • Myrtus strictophylla
  • Psidium strictophyllum

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Landrum, Leslie R. "Accara: A New Genus of Myrtaceae, Myrtinae from Brazil". Systematic Botany Vol. 15, No. 2 (Apr. - Jun., 1990), pp. 221–225.
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.