Achille Harlay de Sancy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Achille de Harlay de Sancy
Bispo da Igreja Católica

Título

Bispo Emérito de Saint-Malo
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal janeiro de 1632
Brasão episcopal
Blason famille fr Harlay de Sancy01.svg
Dados pessoais
Nascimento Reino da França Paris, 1581
Morte 26 de novembro de 1646 (65 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Achille de Harlay de Sancy (Paris, 1581 - 26 de novembro de 1646) foi um clérigo, diplomata, linguista, orientalista e intelectual francês. Filho de Nicolas de Harlay, senhor de Sancy, foi bispo de Saint-Malo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Harlay de Sancy foi educado para uma carreira dentro da Igreja Católica, mas, apesar de ter permanecido um amigo ao seu companheiro de estudos Armand-Jean du Plessis, que tornou-se mais tarde Cardeal Richelieu, renunciou à sua vocação para tornar-se soldado após a morte de seu irmão mais velho em 1601. Durante sete anos, de 1610 a 1619,[1] foi o embaixador francês para o Império Otomano, onde acumulou uma fortuna de cerca de 16.000 libras esterlinas por meio duvidoso, e foi encarcerado por ordem do sultão Mustafa I devido a essas fraudes. Um de seus secretários, M. Lefevre, escreveu o manuscrito Voyage de M. de Sancy , ambassadeur pour le Roi en Levant, fait par terre depuis Raguse jusques à Constantinople l'an 1611.[2]

Harlay de Sancy aproveitou suas oportunidades para adquirir uma valiosa coleção de manuscritos hebraicos, muitos dos quais, posteriormente doados aos oratorianos, em 1796 e à Biblioteca Nacional da França em Paris.[3]

Em seu retorno à França, Harlay ingressou na Ordem de São Filipe Néri, e quando François de Bassompierre foi enviado à Inglaterra em 1627 para regular as diferenças entre Henriqueta Maria e seu marido Carlos I, Harlay de Sancy juntou-se à comitiva eclesiástica da rainha, mas Carlos I providenciou a sua demissão. Tornou-se bispo de Saint-Malo, em 1632.

Referências

  1. Jean-Louis Bacqué-Grammont, Sinan Kuneralp e Frédéric Hitzel. Représentants permanents de la France en Turquie (1536-1991) et de la Turquie en France (1797-1991). [S.l.]: Varia Turcica 21 (1991:17).
  2. Bibliothèque de l'arsenal, Paris, Elisabetta Borromeo. Voyageurs occidentaux dans l'Empire ottoman (1600-1644). [S.l.]: Revue des Études Juives. vol. II Paris, 2007:647 pp.
  3. Francis Richard. Achille de Harlay de Sancy et ses collections de manuscrits hébreux. [S.l.]: junho-dezembro 1990:417-447. 149 3-4 pp.

Wikisource  "Sancy, Nicolas de Harlay, Seigneur de". Encyclopædia Britannica (11th). (1911). Ed. Chisholm, Hugh. Cambridge University Press.