Acidez no solo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A acidez do solo ou pH do solo, é a concentração de íons H+ presente na solução do solo e um dos indicadores de sua fertilidade. A faixa de pH ideal dos solos para a agricultura é entre 5,5 e 6,5.[1] Isto porque é nesta faixa que os nutrientes ficam mais disponíveis às plantas, ou seja, na solução do solo. A acidez do solo tem origem nas rochas que formam o solo, da interação do solo com o clima - principalmente em áreas onde a pluviosidade é elevada-, na absorção dos sais alcalinos pelas plantas cultivadas ou pela reação de ácida de certos produtos utilizados na fertilização do solo.A acidez do solo pode ser corrigida com a incorporação ao solo de substâncias alcalinas como as conchas moídas, margas e calcário.

É recomendado o acompanhamento de um engenheiro florestal ou agrônomo, ou até um técnico em agricultura, para fazer a coleta de amostras e enviar para laboratórios especializados antes de fazer a calagem.

As cores das hortênsias são determinadas pela acidez do solo em que são plantadas

acidez do solo é muito importante ao se cultivar plantas e vegetais, pois alguns se adaptam melhor em solos mais ácidos, como a mandioca e a erva-mate; já outras necessitam de um solo mais básico, como a soja, o algodão e o feijão.

Essa medida do grau de acidez do solo é feita por meio do potencial hidrogeniônico (pH), ou seja, é a medida do teor de íons H3O+ livres por unidade de volume. Quanto maior esse teor, mais ácido é considerado o solo.

Um pH ácido apresenta valores entre 1,0 e 6,0; 7 é neutro e de 8 a 14 é básico.

Para tornar um solo básico, corrigindo seu pH, para o cultivo de certas espécies de plantas, usa-se calcário (CaCO3), cujo pH está na faixa de 6,0 a 6,2.

Esse pH do solo não influencia somente no crescimento, mas também na cor que as  irão apresentar. Um exemplo bem nítido de como isso ocorre é no caso da hortênsia. Essa flor apresenta uma grande variedade de tamanhos e tipos, sendo que ela pode se apresentar nas seguintes cores: rosa, lilás, branco, roxo, vermelho, azul-claro e azul-escuro. A mais comum é a azul.

Porém, um fato bastante interessante é que uma hortênsia azul pode se tornar, com o tempo, rosa e vice-versa. Isso ocorre em razão do pH do solo. Em solo ácido a hortênsia produz flores azuis, já em solos básicos, suas flores são cor-de-rosa. A intensidade dessas cores depende do teor de acidez ou alcalinidade do solo; quanto mais ácido, mais azul-escuro ficará; e quanto mais básico, mais claro será.

Essa mudança de cor, dependendo da acidez ou da basicidade, ocorre com várias substâncias que são chamadas de indicadores ácido-base. Por exemplo, a fenolftaleína é uma solução alcoólica que atua como indicador ácido-base, pois ela fica incolor na presença de uma solução ácida e em meio neutro ou em meio levemente básico; já na presença de meio fortemente básico, ela adquire coloração rosa.

Ícone de esboço Este artigo sobre Agricultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. ALEXANDRE HENRIQUE VIEIRA SOARES, CARLOS ALBERTO SILVA, ANDRÉ LUIZ ZAMBALDE. Um Sistema Especialista para o Cálculo da Necessidade de Calagem e Recomendação de Corretivo Universidade Federal de Lavras. Visitado em 13 de maio de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]