Acordo Comercial sobre Relações Econômicas entre Austrália e Nova Zelândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bandeira da Austrália.    Bandeira da Nova Zelândia.
Mapa destacando a lozalização da Austrália e Nova Zelândia.

O Acordo Comercial sobre Relações Econômicas entre Austrália e Nova Zelândia (em inglês: Australia New Zealand Closer Economic Relations Trade Agreement, ANZCERTA; Closer Economic Relations, CER), criado em 1983, tornou-se o principal instrumento de administração das relações econômicas entre Austrália e Nova Zelândia. Foi planejado para transformar-se em um acordo entre os dois países, cujo principal objetivo é a criação de uma área de livre comércio. Entre 1983 e 1999, o ANZCERTA elevou as relações comerciais australiano-neozelandezas em mais de 400%, o que significou um volume de transações acima de 10 bilhões de dólares australianos, em 1998.

Além do protocolo geral destinado a acelerar o livre comércio de mercadorias entre os dois países, o ANZCERTA destaca-se pelo seu protocolo sobre livre comércio na área de serviços, o primeiro do mundo globalizado.

Vale destacar que o ANZCERTA assinou um acordo inicial com o Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), em 1995, para facilitar os fluxos de comércio e de investimentos entre as duas regiões. No momento, os dois blocos estabeleceram um grupo de trabalho que estuda a possibilidade de criação de uma área de livre comércio, reunindo o ANZCERTA e o ASEAN, até 2010.

O bloco reúne uma população de 22,5 milhões de habitantes, com um produto interno bruto de US$ 468,1 bilhões, um montante de exportação no valor de US$ 70,3 bilhões e importações que atingem os US$ 75,7 bilhões.