Acordo de Washington

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O acordo de Washington foi um acordo de cessar-fogo entre os beligerantes República Croata da Herzeg-Bósnia e a República da Bósnia e Herzegovina (o único governo reconhecido internacionalmente e representado principalmente por bósnios), assinado em Washington e em Viena, em março de 1994. O acordo foi assinado pelo Primeiro-Ministro bósnio Haris Silajdžić, o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Croácia Mate Granic e o Presidente da Herzeg-Bósnia Krešimir Zubak. Sob o acordo, os território controlados pelas forças croatas e do governo bósnio seriam fundidos em uma entidade e divididos em dez cantões autônomos, que institui a Federação da Bósnia-Herzegovina. O sistema cantonal foi selecionado para evitar uma posição dominante por um grupo étnico sobre outro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]