AdSense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Google AdSense
Requer pagamento? Não
Gênero Programa de publicidade e recompensas
País de origem Estado Unidos da América
Idiomas Inglês,Lingua portuguesa,etc.
Lançamento 18 de Junho de 2003[1]
Desenvolvedor Google Inc.
Proprietário Google
Página oficial www.google.com/adsense

AdSense é o serviço de publicidade oferecido pelo Google inc. Os donos de websites podem inscrever-se no programa para exibir anúncios em texto, imagem e, mais recentemente, vídeo. A exibição dos anúncios é administrada pelo Google e gera lucro baseado ou na quantidade de cliques ou de visualizações. Um método baseado nas ações realizadas pelo usuário está em fase de testes.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

O Google utiliza a sua tecnologia de busca da Internet para veicular anúncios com base no conteúdo dos sites. Aqueles que quiserem anúnciar no Google podem inscrever-se através do Google Adwords, o Adwords é a fonte de toda a renda do AdSense.

Muitas pessoas usam o AdSense para obter lucro com todo o conteúdo do seu site. AdSense tem sido particularmente importante para a entrega das receitas de publicidade a pequenos sites que não têm os recursos para desenvolvimento.[2]

Os anúncios são escolhidos de acordo com o conteúdo do site, a localização geográfica do usuário entre outros fatores e acaba gerando um anúncio menos intrusivo que a maioria dos banners de acordo com o conteúdo da página, o que o tornou um método popular para oferecer anúncios.[2]

Outra característica é, para ser mais eficaz, a utilização de Cookies em cada visitante, levando a cada um, anúncios que lhe são relativos. Exemplo: Se o visitante procura passagens aéreas, é comum ver anúncios de viagens. Se procurar algum produto eletrónico, encontrará anúncios para tais produtos. É individualizado, por conta dessa "inteligência artificial" conseguindo bons resultados, tanto para os administradores dos sites como para a Google.

História[editar | editar código-fonte]

Oingo, Inc. foi uma empresa privada, localizada em Los Angeles, Iniciada em 1998 por Gilad Elbaz e Adam Weissman. Oingo desenvolveu um algoritmo de busca com base no significado das palavras e seu léxico subjacente, essa tecnologia é chamada WordNet, que foi desenvolvida ao longo dos últimos 15 anos por pesquisadores da Universidade de Princeton, dirigido por George Miller.[3]

Oingo mudou o nome para Applied Semantics em 2001, mais tarde adquirido pela Google em abril de 2003 por $102 Milhões de dólares americanos.[4]

Em 2009, o Google AdSense anunciou que iria oferecer novas funcionalidades, incluindo a capacidade de "ativar várias redes a exibir anúncios".[5]

Em fevereiro de 2010, o Google criou um algoritmo que usa o histórico de pesquisa dos usuários e assim oferece anúncios mais relevantes para eles.[6]

Requisitos para anunciar[editar | editar código-fonte]

É obrigatório a leitura dos regulamentos do Google Adsense para que não infrinja qualquer termo e acabe por ser banido do programa. Dicas básicas:

  • Idade mínima de 18 anos;
  • Possuir um website ou blog activo na internet com conteúdos úteis, 100% legais e relevantes para o nicho de mercado em que se encontra inserido;
  • Todos os dados preenchidos serem válidos.

Vantagens do Google Adsense[editar | editar código-fonte]

Para os editores de pequenos sites e blogs que tinham muita dificuldade em gerar receitas, o AdSense representa uma grande oportunidade de acesso gratuito e instantâneo a milhares de anunciantes. Além disso, a tecnologia do Adsense, permite um controle total sobre o desempenho dos anúncios e facilita muito a gestão total sobre o desempenho dos anúncios e facilita muito a gestão e a realização de acções de melhoria dos resultados do site.

Referências

  1. "Google Expands Advertising Monetization Program for Websites " (em inglês) Press Release do Google.
  2. a b support.google.com. Google AdSense - Página visitada 14/9/12
  3. newsbreaks.infotoday.com. Beyond Keyword Searching—Oingo and Simpli.com Introduce Meaning-Based Searching - Página visitada 14/9/12
  4. Google. Google adquire Applied Semantics. - Página visitada 14/9/12
  5. support.google.com. Como o Google AdSense funciona com as redes... - Página visitada 14/9/12
  6. money.com. Google expands ad targeting methods - Página visitada 14/9/12

Ligações externas[editar | editar código-fonte]