Adalberto & Adriano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Adalberto & Adriano são uma dupla de cantores de Música Sertaneja do Brasil formada inicialmente por Adalberto (Adalberto Rivelino Tostes, nascido em 07 de novembro de 1969 em Itambaracá/PR) e Adriano (Clairton Antonio Dos Santos, nascido em Bandeirantes/PR) ambos paranaenses do norte do estado se conheceram há mais de vinte e cinco anos. Profissionalmente, atuaram juntos por quinze anos tendo oito CDs lançados pelas gravadoras: Universal, BMG, Sony, Atração, San Francisco, Trama e Velas. A formação original como tudo indica foi até 2006 com a gravação do Cd "Totalmente Acústico" quando houve a separação da dupla.

A dupla possui entre seus sucessos músicas como: "Atitude", "Culpados", "Casal 100%", "Delícia de mulher", "Separação", "Enquanto o vento soprava", "Eu não contava com isso", "Separação", "Você só me faz feliz", "Deixa a chuva derramar", "Não acredito", "Capim mexeu pau na preá", "Comendo poeira", "Me Deixe Só " em 2004 "Me deixe só" foi uma das músicas mais executadas nas principais paradas brasileiras além de regravações como "Do fundo do meu coração" (Roberto Carlos - Compositores: Carlos/Erasmo Carlos), "Folha seca" (José Fortuna), "Não Olhe assim" (Leandro & Leonardo - Compositor: Cesar Augusto / Cesar Rossini / Piska) no Cd "Tributo a Leandro" em Homenagem ao cantor "Leandro" falecido em 1998 devido a uma doença, "Se ainda existe amor" (Balthazar) ,"Canção de um amor distante" (Milionário & José Rico - Composição: Eulogio Cardozo/De Los Rios Altinier - Versão: Dino Franco) e "Ternura" (Vanderléa - Somehow it got to be tomorrow (Today) - Estelle Levitt/Kenny Karren - Versão: Rossini Pinto). Era início dos anos 80, provavelmente em 1982 que começaram as gravações da dupla. Inicialmente chamada Amanhecer e Alvorada, eles se conheceram na cidade de Itambaracá, no norte do Paraná, num campo de futebol trabalhando num carro de propaganda. Adalberto (Amanhecer - Adalberto Rivelino Tostes) é filho de João Santana, componente da ancestral dupla sertaneja João Santana e Santiago, e ingressou na carreira musical devido à influência e a musicalidade do pai, que atuava na música, e dos principais artistas que contribuíram para a explosão da música sertaneja na época, além de artistas de outros segmentos, prevalecendo sempre o romantismo. Já Adriano (Amanhecer - Clairton Antonio Dos Santos), que na infância ajudava o pai nas lavouras de algodão, é mais um caso de um lavrador que acredita na música como forma de ascensão social e melhoria de qualidade de vida. No ano de 1984 gravaram o disco: "O Desabrochar da Música Sertaneja - Santa Maria do Brasil" regravando grandes sucessos sertanejos da época. Em 1987 lançam pela Gravadora Itaipu o disco que levou como título seus nomes: Amanhecer & Alvorada (1987) primeiro pseudônimo da dupla. Já com mais bagagem na música, Amanhecer e Alvorada aos poucos iam alcançando seus espaços, principalmente no norte do Paraná e no interior paulista. No ano em 1989 lançam um LP que trás uma grande interpretação de Amanhecer e Alvorada Sou Tão Você Que Esqueço Até de Mim (Composição: Laércio Malaquias/Clarice Rocha), a dupla já recebia o reconhecimento do público sertanejo; talvez não o reconhecimento merecido. Na batalha Amanhecer e Alvorada lançava o seu novo disco, trazia como carro chefe a melodia "Garoa" (Composição: Amanhecer/Isaias Gomes) um apresentador de programas sertanejos, na época na cidade de Assis/SP por sinal um ótimo apresentador, que juntamente com as duplas carregava a bandeira do sertanejo. Em 1991 o disco de trabalho da dupla  Amanhecer e Alvorada tinha como título "Animal Ferido", talvez um disco sem muita expressão e pouca divulgação, mesmo assim continuavam firmes pois a música sertaneja passava por transformações e lançavam grandes duplas sertanejas que iriam predominar até nos dias de hoje. Em 1992 começa uma nova fase nas vidas dos sertanejos "Amanhecer e Alvorada" que passam a se chamar "Adalberto e Adriano" nome dado pelo amigo "Orocildo Mazi" neste ano lançam um novo disco que traz um dos grandes sucessos da dupla "Separação", mais do que isso passam a receber o reconhecimento do grande público sertanejo. Este lançamento pode se dizer que um foi um divisor de águas na vidas dos dois meninos "Adalberto & Adriano - Vol. 01" (Amanhecer e Alvorada - Vol. 06). Já em 1994 o nome "Amanhecer e Alvorada" já haviam acabado em definitivo, a marca Adalberto e Adriano já ocupava seu espaço na música sertaneja. A formação original como tudo indica foi até 2006 com a gravação do Cd "Totalmente Acústico" quando houve a separação da dupla falando em "Separação" em 2006 eles decidem cada um buscar seus ideais e como a arte esta sempre em evolução um ano depois Adriano apresenta seu novo parceiro formando dupla com seu irmão Augusto que compartilha da mesma simplicidade e carisma gravando um Cd intitulado "Anjos Caídos" comprometido com a carreira que retoma neste trabalho, recebe uma produção cuidadosa com a presença de grandes compositores como: Elias Muniz, Paulo Debétio, Ronaldo Adriano e outros. Já Adalberto deu sequência na dupla  Adalberto & Adriano formando nova parceria com seu irmão o novo Adriano e no ano de 2007 lançam um novo trabalho intitulado "Eu Gosto" incluindo o sucesso Separação. Ao longo dos 15 anos de carreira , foram gravados 13 álbuns somando Adalberto e Adriano e Amanhecer e Alvorada. Adriano hoje tenta carreira solo. O mais importante é que a dupla "Adalberto e Adriano", foram artistas com uma personalidade e interpretação inconfundível, dividiram uma carreira sólida e foram criadores de vários sucessos como: "Atitude" ,"Culpados" ,"Eu não contava com isso", "Você só me faz feliz" ,"Deixa a chuva derramar", "Não acredito", "Capim mexeu pau na preá" ,"Comendo poeira", "Me Deixe Só ", "Separação" e outros sendo que esta última recebeu uma nova releitura por "Eduardo Costa" com a participação de "Leonardo" (Leandro & Leonardo) a dupla "João Pedro & Cristiano" ex- "Clube da Viola" também fizeram a regravação da música "Culpados" (Adalberto) com a prticipação do cantor "Leonardo" no CD "Amor Verdadeiro" de 2009. Em 2005, tiveram a sua música "Impossível te esquecer" gravada pela dupla "Edson e Hudson" no CD "O melhor de E&H", lançado pela Deckdisc. "Adalberto & Adriano" confirmaram seus sucessos em vários programas de televisão, tais como, "Jô Soares", "Raul Gil", entre outros e suas presenças solicitadas nos principais programas como "Rincão Sertanejo", "Eliane Camargo" (Canal do Boi), "Raízes do Campo" (Chitãozinho e Xororó) da Rede Record e "Terra Sertaneja" (Sérgio Reis) da TV Bandeirante. Seus sucessos foram inclusos em dezenas de coletâneas dentre elas "Projeto Bailão de Peão" (Marcos Brasil) com mais de um milhão de CDs vendidos, "Tributo a Leandro" , "Amigos para sempre" entre outras.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

1993 - Você Só Me Faz Feliz - Vol: I (Separação) - Gravadora: San Francisco[editar | editar código-fonte]

(Amanhecer & Alvorada - Adalberto & Adriano - Volume 06)

01 - Você Só Me Faz Feliz - (Elias Muniz/FátimaLeão)

02 - Casal 100% - (Menino Celles/Riva Tostes)

03 - Separação - (Riva Tostes)

04 - Delícia De Mulher - (Riva Tostes)

05 - Mais Uma Vez - (Elias Muniz)

07 - Noite De Núpcias - (Antonio tostes/José Machado Pereira)

07 - Enquanto O Vento Soprava - (Riva Tostes)

08 - Paixão Louca - (Ronaldo Viola/Martinez)

09 - Fogo e Delírio - (Jhairo Leandro/Vanderlei Fraccaroli/Claírton)

10 - Porque Brigas - (Laércio Malaquias/Preferido)

11 - Rodando A Cidade - (Riva Tostes)

12 - Sai De Mim Paixão - (Menino Celles/Martinez/Orocildo Mazi)

1994 - Atitude - Vol: II (Não Acredito) [editar | editar código-fonte]

Já em 1994 o nome "Amanhecer e Alvorada" já havia acabado em definitivo, a marca Adalberto e Adriano já ocupava seu espaço na música sertaneja. A formação original como tudo indica foi até 2007 com a gravação do CD "Totalmente Acústico". Em 2008 com a separação Adriano formou dupla com seu irmão Augusto.Já Adalberto deu sequência na dupla formando parceria com seu irmão "o novo" Adriano. O importante é que a dupla Adalberto & Adriano, foram artistas com uma personalidade e interpretação inconfundível, dividiram uma carreira sólida e foram criadores de vários sucessos.

01 - Atitude - (Riva Tostes/Marcos Paulo)

02 - Pedras No Caminho - (Elias Muniz/Menino Celles)

03 - Preso - (Marco Paulo/Riva Tostes/Clayrton)

04 - Neblína - (Marcos Paulo/Adriano)

05 - Feitiço - (Marcos Paulo/Clayrton)

06 - Eu Sou Gamado Nela - (Riva Tostes)

07 - Chuva - (Marcos Paulo/Riva Tostes/Clayrton/Martinez)

08 - Não Acredito - (César Augusto)

09 - Tem Dó de Mim - (Riva Tostes)

10 - Mora Comigo - (Elias Muniz)

11 - Vida da Minha Vida - (Marcos Paulo/Clayrton)

12 - Pode Ir - ()

13 - O Nosso Amor - (Riva Tostes/Marcos Paulo)

14 - Quem Mandou Acreditar - (Riva Tostes)

1997 - Ninguém Pode Mudar Um Caipira - Vol: III (Ternura) [editar | editar código-fonte]

1999 - História De Amor - Vol: IV (Culpados) [editar | editar código-fonte]

2000 - Preciso Ir - (Capim Mexeu, Pau Na Preá) [editar | editar código-fonte]

2001 - Aceito Seu Coração - 2002 - (Gravadora: Trama)[editar | editar código-fonte]

Aceito Seu Coração é o mais recente trabalho de Adalberto & Adriano, lançado em 2001. A dupla, que se conheceu na cidade de Itambaracá, no norte do Paraná, já gravou mais de seis discos e vem alcançando grande sucesso no cenário da música sertaneja. "Eu Quero Voltar para Você, "O Homem e a Natureza" e "Impossível Te Esquecer" são alguns dos destaques deste trabalho.

Ano: 2001 - Gênero: Sertanejo - Procedência: Nacional - (Gravadora: Trama)

2004 - Sertanejos Como Nunca - Vol: VII (Me Deixe Só)[editar | editar código-fonte]

2006 - Totalmente Acustico - (Tô Morrendo De Saudade) - Gravadora: Velas[editar | editar código-fonte]

Não deixe de conferir este álbum fantástico da Adalberto & Adriano, intitulado Totalmente Acústico. Ao todo, são 15 faixas, incluindo as destacadas "Se Ainda Existe Amor", "Tô Morrendo de Saudade" e "Canção de um Amor Distante".

Ano: 2006 - Gênero: Sertanejo e Country - Procedência: Nacional - (Gravadora: Velas)

2008 - Eu Gosto - Vol: IX[editar | editar código-fonte]

2008 - Nunca é tarde pra recomeçar - Vol: X[editar | editar código-fonte]

2009 - Acústico[editar | editar código-fonte]

2011 - Longe Da Minha Terra - (Fechado Pra Balanço)[editar | editar código-fonte]

1984 - O Desabrochar da Música Sertaneja - (Ano/Gravadora: (1984/ ITAIPU)[editar | editar código-fonte]

Álbum: O Desabrochar Da Música

Artista: Amanhecer & Alvorada (Obs: Gravaram também como "Alvorada & Amanhecer" e "Adalberto & Adriano")

Fonogramas: Lado A

No ano de 1984 gravaram o disco: O Desabrochar da Música Sertaneja

A01 - Galopeira - (Maurício Cardozo Ocampo/Versão: Pedro Bento)

A02 - Noite Maravilhosa - (Paraíso)

A03 - Fio de Cabelo - (Darci Rossi/Marciano)

A04 - Assino Com X - (Gilmar/Vadinho)

A05 - Sementinha - (Itapuã/Dino Franco)

A06 - Santa Maria do Brasil - (Gunther Behrle/Christian Bruhn - Adpt: Jean Pierre)

Fonogramas: Lado B

B01 - Fome de Amor - (Gilmar/José Homero)

B02 - Obra de Poeta - (Chico Lau/Vital)

B03 - O Menino E A Rosa - (Luizinho Rosa/G. Rosa)

B04 - Noite de Angústia - (Benedito Sevieiro/Maravilhoso)

B05 - Último Adeus - (Ronaldo Adriano/Benedito Sevieiro)

B06 - Pais e Filhos - (Darci Rossi/Chitãozinho)

1984 - Alvorada & Amanhecer[editar | editar código-fonte]

01 - Mundo Violento - (Gilmar) - Balada

02 - Sufoco - (Gilmar/José Bétio) - Guarânia

03 - Meia Noite De Amor - (Clayton/Cristiane) - Canção Rancheira

04 - Quem É Você - (Nelson Neco) - Bolero

05 - Apenas um Pecado - (Goiá/José Pereira Dias) - Guarânia

06 - Música da Saudade - (Gilmar/Osvaldo Galhardi) - Ritmo Jovem

07 - Matriz ou Filial - (Lúcio Cardin) - Bolero

08 - Eu Volto Amanhã - (Darci Rossi/Marciano) - Canção Rancheira

09 - Telefone Mudo - (Franco/PeãoCarreiro) - Rasqueado

10 - Não me Deixe - (Vicente Dias) - Canção Rancheira

1987 - Amanhecer & Alvorada - (Gravadora: Itaipu)[editar | editar código-fonte]

Em 1987 lançam pela Gravadora Itaipu o disco que levou como título seus nomes: Amanhecer & Alvorada (1987)

01 - A Distancia - (Roberto Carlos/Erasmo Carlos)

02 - Fera - (Pinhalense/Laércio Malaquias)

03 - Povo Sofrido - (Amanhecer/Zé Bonitinho)

04 - Devaneios [Ou Me Queres Ou Me Deixas] - (Luis Gardey - Adapt: Erasmo Carlos)

05 - Abraça-Me - (Julio Iglesias/R. Ferro - Adpat: Roberto Halbouti)

06 - Primavera - (Cassiano/Silvio Roachael)

07 - Meu Pequeno Cachoeiro - (Raul Sampaio)

08 - Amor À Meia - (Badallo-Gedmar)

09 - De Coração Pra Coração - (Mauro Motta/Robson Jorge/Lincon Olivetti/Isolda)

10 - Chuva De Maio - (S. Flores - Adpt: Santiago Nico Pinheiro)

1989 - Amanhecer & Alvorada - (Gravadora: Itaipu)[editar | editar código-fonte]

Amanhecer e Alvorada - 1989 - trouxe como carro chefe a melodia "Garoa" (Composição: Amanhecer/Isaias Gomes)

01 Garoa (Amanhecer/Isaias Gomes)

02 Sou Tão Você Que Esqueço Até de Mim (Laércio Malaquias/Clarice Rocha)

03 Amor Sem Fim (Amanhecer)

04 Porque Brigas (Laércio Malaquias/Preferido)

05 Ao Amor Vou Me Entregar (Alvorada/Badalo)

06 Solidão na Madrugada (Alvorada)

07 Melhor Solução (Laércio Malaquias)

08 Sedução (Laércio Malaquias/Paulinho)

09 Do Fundo do Meu Coração (Roberto Carlos/Erasmo Carlos)

10 Tarde de Verão (Laércio Malaquias/Amanhecer)

11 Sem Você Não Faz Sentido (Joana/Geraldo Amaral)

12 Sonho Gostoso (Laércio Malaquias/Teodoro)

1991 - Amanhecer & Alvorada - Animal Ferido[editar | editar código-fonte]

Amanhecer e Alvorada - 1991

01. De repente amor

02. Cowboy aventureiro

03. Noite vazia

04. Simplesmente lembranças

05. Animal ferido

06. Seu melhor amigo

07. No mundo do amor

08. Sem explicação

09. Pelo amor de uma mulher

10. Casinha pequena

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.