Adam Guenzel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Novembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Adam Guenzel

Adam Guenzel é um prisioneiro da série de televisão Oz interpretado por Mike Doyle.

Sobre o personagem[editar | editar código-fonte]

"Condenado em 14 de janeiro de 2002 por estupro e tentativa de homicídio. Pena de 28 anos com liberdade condicional em sete anos.". Um prisoneiro rico, branco e mimado, logo se tornou uma presa para os Arianos.

Quinta Temporada[editar | editar código-fonte]

Adam Guenzel e seu amigo Franklin Winthrop beberam demais e acabaram estuprando uma garota que eles conheciam. Assim, os dois foram mandados para Oz. Winthrop foi mandado para a Unidade B, nas mãos dos nazistas e Guenzel foi para Emerald City, onde encontrou um amigo de sua família, Tobias Beecher, que aceitou protegê-lo dos arianos liderados por Vern Schillinger. Como Chucky Pancamo devia um favor a Beecher devido ao FBI ter descoberto sobre o assassinato de Hank Schillinger, Beecher pediu que os Sicilianos (liderados por Frank Urbano já que Pancamo estava na enfermaria) protegessem Guenzel, que resultou em uma guerra entre nazistas e sicilianos no ginásio e Urbano na solitária. Schillinger resolveu fazer um acordo com Beecher: Beecher deixaria de proteger Guenzel em troca de um cargo no correio, o que faria com que Beecher pudesse ver Chris Keller na Prisão Preventiva. Beecher recusou. Então, Schillinger mandou Winthrop contar a Guenzel sobre a homossexualidade de Beecher, o que deixou Guenzel enojado e, depois de uma conversa com Max Sands e os Motoqueiros, o fez agredir Beecher sendo mandado para a jaula. Depois disso, Beecher resolveu aceitar a proposta de Schillinger e convenceu Tim McMannus a mandar Guenzel para a Unidade B, onde foi estuprado por Schillinger e abandonado nu e espancado no ginásio, se tornando o novo escravo do líder ariano. Se sentindo culpado, Beecher pediu que a Irmã Peter Marie falasse com Guenzel, que negou tudo. Ao saber que Guenzel estava falando com a Irmã, Schillinger resolveu “ajudar” Guenzel a fugir, fazendo-o morrer na cerca elétrica.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.