Adaptação humana ao voo espacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A adaptação humana às condições do voo espacial é um desafio ao ser humano.

Geralmente as adaptações rodam em torno da ausência de gravidade, à alimentação e as condições da biologia do ser humano durante a estadia na gravidade zero a longo prazo.[1] [2] [3]


Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Esforço de colonização do espaço precisa levar em conta os efeitos do espaço no corpo humano.[2]
Pintura An Experiment on a Bird in the Air Pump por Joseph Wright of Derby, 1768, se referindo ao experimento de Robert Boyle em 1660.

Notas e referências

  1. Human Exposure to Vacuum. Visitado em 2006-03-25.
  2. a b "What Happens to the Human Body in a Vacuum", About.com, http://space.about.com/cs/basics/a/bodyvacuum1.htm.
  3. Sexo no espaço é impossível, diz grupo de cientistas, Yahoo, acessado em 7 de outubro de 2011
  1. Nasa Report: Space Travel 'Inherently Hazardous' to Human Health. Leonard David. 2001
  2. Space Physiology and Medicine. Third edition. A. E. Nicogossian, C. L. Huntoon and S. L. Pool. Lea & Febiger, 1993.
  3. L.-F. Zhang. Vascular adaptation to microgravity: What have we learned?. Journal of Applied Physiology. 91(6) (pp 2415–2430), 2001.
  4. G. Carmeliet, Vico. L, Bouillon R. Critical Reviews in Eukaryotic Gene Expression. Vol 11(1-3) (pp 131–144), 2001.
  5. F.A. Cucinotta et al. Space radiation cancer risks and uncertainties for Mars missions. Radiation Research. Vol 156:5 II;pp 682–688, 2001.
  6. F.A. Cucinotta et al. Space radiation and cataracts in astronauts. Radiation Research. Vol 156(5 I) (pp 460–466), 2001.
  7. Styf, Jorma R. MD; Hutchinson, Karen BS; Carlsson, Sven G. PhD, and; Hargens, Alan R. Ph.D. Depression, Mood State, and Back Pain During

Ver também[editar | editar código-fonte]