Adblock Plus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Adblock Plus
Adblockplus icon.svg
Adblock Plus Add-on.jpg
Adblock Plus na lista de complementos do Mozilla Firefox
Desenvolvedor Henrik Aasted Sorensen,
Michael McDonald,
Wladimir Palant
Lançamento 18 de janeiro de 2006 (8 anos)
Versão estável 2.2.3 (13 de fevereiro de 2012; há 127 semanas e 3 dias)
Idioma(s) Vários
Escrito em JavaScript, XUL, CSS
Sistema operativo Multiplataforma
Gênero(s) Extensão do Mozilla
Licença MPL
Página oficial adblockplus.org

+Adblock Plus é uma extensão filtradora de conteúdo para o Firefox, Chrome, Opera e Internet Explorer e sejam carregados.[1]

Este programa foi incluído na lista de complementos do Firefox a partir de 17 de janeiro de 2006. Devido a sua enorme utlização, foi relatado cerca de 80.000 downloads por dia, chegando a 100 milhões no total.[2]

Como funciona[editar | editar código-fonte]

Assim como o bloqueador de imagens do Mozilla, o Adblock bloqueia os pedidos HTTP de acordo com o seu endereços de origem e pode bloquear IFrames, scripts e Flash. Ele também usa folhas de estilo (stylesheets) do usuário geradas automaticamente para ocultar, ao invés de bloquear, elementos, tais como anúncios em forma de texto em uma página a medida que carregam.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A extensão Adblock foi originalmente criada em 2002 por Henrik Aasted Sørensen, que, em seguida, transferiu a propriedade do projeto para a rua. O suplemento foi capaz de atrair um número significativo de seguidores antes de ser definitivamente abandonado em 2006, apesar do fato de que nenhuma versão publicada desde 2003 foi declarada como estável. Em 2005, a falta de progresso instou um membro da comunidade, Michael McDonald, a criar uma versão bifurcada chamada Adblock Plus, incorporando as seguintes características:

  • Whitelisting.
  • Suporte para bloquear imagens de fundo.
  • Capacidade de ocultar elementos HTML que pode bloquear uma gama mais ampla de imagens.
  • A capacidade de ocultar os anúncios com base em cada site, em vez de globalmente.
  • Correção do vazamento de memória (memory leak).

Em janeiro de 2006, Wladimir Palant reescreveu completamente o Adblock Plus e fez um projeto separado. Menos de um ano depois, Adblock Plus foi o plug-in para Firefox mais baixado, uma posição que ele ocupa desde então.[4]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • PC World elegeu Adblock Plus como um dos 100 melhores produtos de 2007.[5]

Referências

  1. Adblock: remova propaganda das páginas. Mozilla Firefox. Página visitada em 22 de janeiro de 2011.
  2. Painel de estatísticas. addons.mozilla.org. Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.
  3. How does element hiding work?. adblockplus.org. Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.
  4. How it started. adblockplus.org. Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.
  5. Eric Dahl (21 de maio de 2007). PC World - The 100 Best Products of 2007. PC World. Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]