Adenoipófise

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.

A adenoipófise — ou adeno-hipófise, ou ainda hipófise anterior (do grego adeno, "glândula"; hypo, "sob"; physis, "crescimento") — compreende o lobo anterior da hipófise e faz parte do sistema endócrino. Ao contrário do lobo posterior, o lobo anterior é genuinamente glandular, fazendo jus à raiz adeno do seu nome.

É uma glândula formada por cordões epiteliais anastomosados e rodeados de uma rede de sinuosidades. De acordo com a afinidade aos corantes, a adenoipófise apresenta dois grupos celulares: cromófilas (com granulações coráveis) a as cromofóbicas (sem granulações coráveis). Atualmente são identificados, com o uso da microscopia eletrónica , cinco tipos celulares na sua estrutura: corticotropos, gonadotropos, somatotropos, lactotropos e tirotropos.

Sob a influência do hipotálamo, a adenoipófise produz várias hormonas peptídeas reguladoras de vários processos fisiológicos, entre os quais o stress, o crescimento e a reprodução.

Regiões[editar | editar código-fonte]

A adenoipófise está dividida nas seguintes regiões:

  • pars distalis ("parte distal") - a maior parte da adenoipófise, com função endócrina.
  • pars tuberalis ("parte tubular") - um folheto estendendo-se da pars distalis e envolvendo a haste hipofisária. A função desta zona ainda não está bem esclarecida.

Embriologia[editar | editar código-fonte]

Contrariamente à neuroipófise, que se origina da ectoderme neural, a hipófise anterior origina-se de uma invaginação do epitélio da faringe denominada de bolsa de Rathke.

Esta diferença é notória se tivermos em conta que a neuroipófise se limita a servir de estrutura de suporte para as terminações nervosas de neurónios secretores localizados no hipotálamo, ao passo que a adenoipófise produz as suas próprias hormonas localmente, embora também sob o controlo do hipotálamo.

Principais hormônios secretados[editar | editar código-fonte]

Hormônio Nomes alternativos Símbolo(s) Células secretiras (tipo de coloração) Tecido alvo Efeitos
Hormona adrenocorticotrópica Corticotropina ACTH Corticotropos (basófilos) Glândulas supra-renais Secreção de glucocorticóides
Endorfinas - - - - Inibe percepção da dor
Hormona folículo-estimulante - FSH Gonadotropos (basófilos) Ovários, Testículos Crescimento do sistema reprodutor
Hormona do crescimento Somatotropina GH, STH Somatotropos (acidófilos) Fígado, tecido adiposo, tecidos em geral Promove o crescimento; deposição de proteínas nos tecidos; metabolismo de lípidos e carboidratos
Hormona luteinizante Lutropina LH, ICSH Gonadotropos (basófilos) Ovários, Testículos Produção de hormonas sexuais
Prolactina - PRL Lactotropos, também conhecidos como mamotropos (acidófilos) Ovários, glândulas mamáriass Secreção de estrogénios/progesterona; produção de leite
Hormona estimuladora da tiróide Tirotropina TSH Tirotropos (basófilos) Glândula tiróide Secreção de hormonas da tiróide

Fatores hipotalâmicos de liberação e inibição[editar | editar código-fonte]

A secreção hormonal a hipófise anterior é regulada por hormônios secretadas pelo hipotálamo.

Os axónios dos seus neurónios neuroendócrinos projectam-se na eminência mediana, na base do cérebro. É neste local que libertam substâncias nos vasos que são transportados para a hipófise anterior através de um sistema porta venoso.

Nome Outros nomes Abreviaturas Localização Função
Hormona libertadora de corticotrofina Corticoliberina CRH, CRF Neurónios parvocelulares do núcleo paraventricular estimula a secreção de ACTH com a vasopressina
Dopamina Hormona inibidora de prolactina DA, PIH neurónios neuroendócrinos do núcleo arqueado inibe a secreção de prolactina
Hormona libertadora de gonadotropina Hormona libertadora de hormona Luteinisante, gonadoliberina GnRH, LHRH neurónios neuroendócrinos do núcleo pré-óptico medial e do núcleo arqueado estimula a secreção de LH and FSH
Hormona libertadora da hormona do crescimento Factor libertador da hormona do crescimento, somatoliberina, somatocrinina GHRH, GHRF, GRF neurónios neuroendocrinos do núcleo arqueado estimula a secreção de GH
Somatostatina Hormona inibidora da hormona do crescimento, Factor inibidor da libertação de somatropina SS, GHIH, SRIF neurónios neuroendócrinos do núcleo paraventricular inibe a secreção de GH
Hormona libertadora de tirotropina Factor libertador de tirotropina, Tiroliberina TRH, TRF neurónios neuroendócrinos parvocelulares no núcleo paraventricular e núcleo hipotalâmico anterior estimula a secreção de TSH
Vasopressina Hormona antidiurética ADH neurónios neuroendócrinos parvocelulares no núcleo paraventricular estimula a produção de ACTH juntamente com CRH