Adiemus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Adiemus é o nome de um projecto de música incidental pensado e realizado pelo compositor galês Karl Jenkins em 1994. Projeto em si nasceu quando a Delta Airlines European procurou Jenkins para compor um jingle tema destinado às campanhas da companhia, já que a companhia rival utilizou a música 'Storms in Africa' da cantora e compositora Enya.

Mas nem Jenkins e nem os executivos da Delta Airlines poderia prever o sucesso e o alcance mundial que o jingle tema 'Adiemus' teria, tornando-se uma febre. Assim Jenkins compôs um segundo jingle 'Elegia' e logo após criou o projeto Adiemus de Orquestra Erudita de Música Africana, que resultou em 8 cd's e uma séries de singles vendidos pelo mundo todo.

O sucesso de Adiemus, semelhante a Enigma e Era, se dá em particular pelo fato de que os temas orquestrados possuem poderosas composições baseadas na música folclórica dos países africanos, sem jamais ser repetitivo, folclórico ao excesso ou exageradamente erudita.

Temas como "Cantilena", "Zaraband", "Tintinnabulum", "Cantus Insolitus", "In Caelum Fero", "Ein Wiener Walzer (A Viennese Waltz)" ou "Tango" conseguem relevar nuanças musicais arrebatadoras,com uma sultuosidade épica, que permitem à imaginação do ouvintes sonhar com as savanas douradas da África ou imaginar fabulosos e exóticos personagens como os de Henry R. Haagard.

Além de ser um projeto de música ambiental, Karl Jenkins, compositor, propõe uma estrutura musical, ainda que baseada na estrutura erudita, que apresenta evoluções harmônicas e melódicas interessantes e inovadoras. Vale ressaltar que, apesar de todas as canções serem cantadas, a parte lírica é totalmente destituída de significado que, segundo Jenkins, enaltece o teor sonoro da obra, evitando "distrações" da parte sonora. Os textos foram escritos de forma a que a voz soe como um instrumento a mais do conjunto.

O primeiro disco, Songs of Sanctuary, conta com a participação de Miriam Stockley no vocal, com arranjos de percussão de Mike Ratledge. Karl Jenkins rege a London Philharmonic Orchestra. A língua usada no Adiemus foi inspirada no estudo da lingua dos "maoris" da Nova Zelândia e tem como objetivo gerar um sentimento bom.

Adiemus é simplesmente uma ópera viva e luxuriante.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Adiemus: Songs of Sanctuary (1994)
  • Adiemus II: Cantata Mundi (1997)
  • Adiemus III: Dances of Time (1999)
  • The Journey: The Best of Adiemus (2000)
  • Adiemus IV: The Eternal Knot (2001)
  • Adiemus Live (2002)
  • Adiemus V: Vocalise (2003)
  • Adiemus - Colores (2013)
Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.