Adlershofer BC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adlershofer BC
Adlershofer BC Logo.png
Nome Adlershofer BC
Fundação 9 de novembro de 1908 (105 anos)
Estádio Lohnauer Steig
Capacidade 5.000
Presidente Peter Oemus
Competição Berlin-Liga (VI)
Divisão 2012 15ª
Website Site oficial
Kit left arm shoulder stripes black shirt alt.png Kit body shoulder stripes black shirt.png Kit right arm shoulder stripes black shirt alt.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Adlershofer Ballspiel-Club 1908 e.V. é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 9 de novembro de 1908, sediada em Berlin. Foi estabelecido naquele ano como Adlershofer Ballspiel-Club e, em 1914, se juntou ao Wildauer Fußball-Club Phönix.

História[editar | editar código-fonte]

SG Adlershof

O Adlershofer BC atuou como um time inferior da tábua de classificação da Oberliga Berlim nos anos 1920 e início dos 1930. O futebol alemão foi reorganizada sob a égide do Terceiro Reich em 1933 e a equipe não conseguiu se classificar para a nova primeira divisão, a Gauliga Berlin-Brandenburg.

Em março de 1935 o clube se fundiu com o Thor-und Fussballclub Colombia 04 Adlershof e o Turnverein Adlershofer formando o Adlershofer BC Colombia 04 antes de atuar novamente mais tarde simplesmente como Adlershofer BC.[1]

Após a Segunda Guerra Mundial a maioria das organizações na Alemanha, incluindo esportes e clubes de futebol, foram banidos pelas autoridades aliadas. A maioria foi reconstituída rapidamente e os membros do Adlershofer BC estabeleceram o Sportgruppe Adlershof, em 1945, para participar da organizada às pressas Stadtliga Berlim em 1945-46. A campanha, porém foi ruim, e o time passou a disputar a Landesliga Berlin (II) de 1947 a 50. Em 1948, retomou sua identidade tradicional como Adlershofer BC antes de ser dirigido por novas autoridades em novembro de 1953 e atuar como Sportgemeinschaft Adlershofer.

Durante este período, o aumento das tensões entre os aliados ocidentais (Estados Unidos, Grã-Bretanha e França) e da União Soviética levou à divisão da Alemanha e da cidade de Berlim. O Adlershofer ficou localizado na zona de ocupação soviética e passou a fazer parte da competição de futebol separada que surgiu na Alemanha Oriental, jogando na DDR-Liga (II) em 1952-53, antes de ser rebaixado para o nível imediatamente inferior. O SG fez aparições nas fases iniciais da FDGB-Pokal (Copa da Alemanha Oriental) em 1954, 1958 e 1960 e, exceto por uma única temporada por sua vez, na 2. DDR-Liga (III) em 1962-63, permaneceu no mais módulo.

Em 1989, com a abordagem da reunificação alemã o clube novamente assumiu o nome Adlershofer BC e, em 1997, tinha avançado à Verbandsliga Berlin (IV), o circuito maior da cidade base, que é hoje a Berlim-Liga (VI), na qual ainda concorre.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Participação na DDR-Liga: 1951-1952
  • Participação na II DDR-Liga: 1962-1963
  • Campeão do Leste alemão da Juventude (Youth B): 1952
  • Campeão do leste de Berlim: 1962
  • Campeão da Berliner Landespokal (Berlim Oriental): 1957 e 1959

Mulheres:

  • Berlim Campeão: 2004;
  • Regional desde 2004;

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Temporada Liga Colocação
2000/01 BFV-Verbandsliga 15ª (19)
2001/02 BFV-Verbandsliga 19ª (19)
2002/03 BFV-Landesliga 10ª (16)
2003/04 BFV-Landesliga 7ª (16)
2004/05 BFV-Landesliga 11ª (16)
2005/06 BFV-Landesliga 4ª (16)
2006/07 BFV-Landesliga 1ª (16)
2007/08 BFV-Verbandsliga 10ª (18)
2008/09 Berlin-Liga 11ª (18)
2009/10 Berlin-Liga 4ª (19)
2010/11 Berlin-Liga 9ª (18)
2011/12 Berlin-Liga 15ª (19)
2012/13 Berlin-Liga 17ª (18)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Wolfgang Matthies, ging 1971 zum 1. FC Union, wo er 159 Oberligaspiele bestritt
  • Thoralf Stein, ging 2003 zum SV Germania Schöneiche, wo er ca. 200 Verbands- und Oberligaspiele bestritt, den Brandenburg Pokal gewann und in der 1. Runde des DFB-Pokals 2004 gegen den TSV 1860 München stand.
  • Hein Wilhelmy, ca. 750 Spiele in der 1. Herrenmannschaft des Vereins, Rekordspieler des Vereins

Referências

  1. Grüne, Hardy (2001). Vereinslexikon. Kassel: AGON Sportverlag ISBN 3-89784-147-9