Adolf Neuendorff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adolf Neuendorff em 1884.

Adolf Heinrich Anton Magnus Neiendorff, também conhecido como Adolph Neiendorff (Hamburgo, 13 de junho de 1843 - Nova Iorque, 4 de dezembro de 1897) foi um compositor, violinista, pianista e maestro alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Adolf nasceu em Hamburgo, Alemanha, em 13 de julho de 1843 e imigrou para os Estados Unidos em 1855.[1] Em Nova Iorque ele estudou música, e recebeu lições de violino com G. Matzka e Joseph Weinlich e lições de piano, teoria musical e composição com Dr. Gustav Schilling. Em 1859 ele fez sua estréia como pianista de concerto no Dodworth Hall. Em 1861 ele fez uma turnê pelo Brasil, tocando violino.

Em 1864 ele retornou para os Estados Unidos. Ele foi o maestro da orquestra no Teatro Alemão e maestro do coro da Companhia da Ópera Alemã de Carl Anschutz. Posteriormente sucedendo Aschutz como maestro. Em 1867 ele tornou-se o diretor musical do Teatro New Stadt em Nova Iorque. No teatro ele conduziu as estréias estadunidenses de Lohengrin (Wagner) em 3 de Abril de 1871 e de Die Walküre dia 2 de Abril de 1872. Em 1872 ele trouxe Theodor Wachtel para seu país e com Carl Rosa apresentaram óperas italianas. Em 1876 ele foi para o primeiro festival de Wagner, o Festival de Bayreuth. Nos anos de 1878 e 1879 ele conduziu a Sociedade Filarmônica de Nova Iorque na abstência de Theodore Thomas. Com a Filarmônica de Nova Iorque ele apresentou-se inúmeras vezes.

Entre 1884 e 1889 ele viveu em Boston e dia 11 de Julho de 1885 ele conduziu a primeira performance da Orquestra Pops de Boston no Boston Music Hall. Em 1889 ele tornou-se o diretor da Companhia da Grande Ópera da soprano Emma Juch. Dois anos depois ele mudou-se para Viena com sua esposa, a cantora Georgina von Januschowsky. Em 1889, tornou-se o diretor da Grand Opera Company da soprano Emma Juch. Dois anos depois, mudou-se para Viena, na Áustria, com sua esposa, a cantora Georgina von Januschowsky, antes de retornar a Nova Iorque, onde morreu em 4 de dezembro de 1897, com 54 anos de idade.[2]

Suas composições incluem duas sinfonias, óperas e númerosas obras instrumentais e trabalhos vocais.

Referências

  1. Koegel, John. Music in German Immigrant Theater: New York City, 1840-1940. Rochester, NI: University Rochester Press, 2009. p. 55. ISBN 1580462154.
  2. Elson, Louis Charles. The History of American Music. Nova Iorque, Londres: Macmillan, 1915. 119 pp. OCLC 2176748.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adolf Neuendorff