Adrian Sutil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adrian Sutil
Adrian Sutil em 2008
Informações pessoais
Nome completo Adrian Sutil
Nacionalidade Alemanha alemão
Nascimento 11 de janeiro de 1983 (31 anos)
Starnberg, Alemanha Ocidental
Altura 1,83[1] m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2007-2011, 2013-
Equipes Spyker, Force India e Sauber
GPs disputados 122
Pontos 124[2]
Voltas mais rápidas 1
Primeiro GP GP da Austrália de 2007
Último GP GP da Itália de 2014

Adrian Sutil (Starnberg, 11 de janeiro de 1983) é um piloto de Fórmula 1 alemão, filho de pai uruguaio e mãe alemã. Atualmente está na escuderia Sauber que compete na Fórmula 1.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Embora tenha, desde cedo, mostrado dotes para pianista, também cedo começou no automobilismo. Como é habitual começou a sua carreira no kart com catorze anos, evoluindo posteriormente para a Fórmula Ford Suíça 1800 em 2002, onde saiu vencedor nos dez circuitos e adicionou cinco vitórias nos Campeonatos austríacos de Fórmula Masters.

Em 2003, contudo, no Campeonato da Fórmula BMW ADAC, conseguiu apenas o sexto lugar, não tendo alcançado nenhuma vitória. Na temporada seguinte chegou à Fórmula 3 Euroseries competindo na equipa de Colin Kolles. Embora pontuasse apenas duas vezes, a ligação que estabeleceu com Kolles foi extremamente importante para seu futuro.

Na última corrida do ano, mudou para a equipa ASM, onde permaneceu até 2005.

Sutil faltou aos últimos dois circuitos da Euroseries de 2005, tendo participado em três corridas da A1 pela equipe da Alemanha (etapas de Portugal, Austrália e Dubai), tendo como melhores resultados dois décimo segundos lugares.

Em 2006 ganhou o campeonato doméstico da Fórmula 3. Mostrou ser muito forte durante toda a época, tendo terminado, também, em terceiro lugar no Grande Prêmio de Fórmula 3 na etapa de Macau.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Sutil pilotando pela Spyker durante o Grande Prêmio da Bélgica de 2007.

Ainda em 2006, conseguiu sua primeira participação na Fórmula 1, tendo sido, em janeiro, confirmado como piloto de testes da Midland F1 Racing, juntamente com Markus Winkelhock e Giorgio Mondini. Esta nova evolução na sua carreira deveu-se a conhecer Colin Kolles, que, na época, trabalhava nesta equipe. Sutil apareceu como o terceiro piloto no GP de Nürburgring, Magny-Cours e Suzuka.

Na temporada 2007, foi promovido a segundo piloto da Midland F1 Racing (substituindo o português Tiago Monteiro), que passaria a se chamar Spyker, onde correu por toda a temporada.

Na temporada 2008, a Spyker foi comprada pelo indiano Vijay Mallya e mais uma vez mudou de nome, passando a se chamar Force India. Sutil permaneceu na equipe, agora ao lado do italiano Giancarlo Fisichella.

Durante a temporada não somou nenhum ponto,porém em Mônaco vinha fazendo uma grande corrida estando em 4°lugar. Mas Kimi Raikkonen perdeu o controle de seu carro na saída do túnel, encerrando as chances de Sutil pontuar.

Na temporada 2009, Sutil continuou ao lado de Giancarlo Fisichella, que levou a Force India a sua primeira pole e um surpreendente segundo lugar. O novo companheiro de Sutil é o italiano Vitantonio Liuzzi. Praticamente no fim da temporada, a equipe vê seu carro evoluindo de maneira espetacular, com uma boa colocação no GP de Spa-Francorchamps, e seus atuais dois pilotos largando entre os dez primeiros em Monza.

Sutil pilotando pela Force India durante o Grande Prêmio da Malásia de 2013.

Obteve em 2011 sua melhor posição no Mundial de pilotos, o nono lugar, com 42 pontos, entretanto, perderia seu lugar na equipe para Nico Hülkenberg.

Agressão[editar | editar código-fonte]

Enfrentou um processo por agressão movido por Eric Lux, um dos proprietários da equipe Lotus Renault GP. Esta ocorreu no fim de semana do Grande Prêmio da China de 2011 em uma casa noturna de Xangai. Sutil foi condenado em 31 de janeiro de 2012 ao pagamento de multa de 200 mil euros e a cumprir pena - condicional suspensa - de dezoito meses de prisão.[3] [4]

Retorno a F1[editar | editar código-fonte]

Em 2013 retorna a Fórmula 1 e novamente pela Force India.[5] Em 2014 passa da defender a Sauber.[6]

Resultados na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Classificação Pontos
2006 Midland F1 Racing Midland M16 Toyota RVX-06 2.4 V8 BHR
MAL
AUS
SMR
EUR
TD
ESP
MON
GBR
CAN
EUA
FRA
TD
ALE
HUN
TUR
ITA
- -
Spyker MF1 Team CHN
JAP
TD
BRA
2007 Etihad Aldar Spyker F1 Team Spyker F8-VII Ferrari 056H 2.4 V8 AUS
17
MAS
Ret
BHR
15
ESP
13
MON
Ret
CAN
Ret
EUA
14
FRA
17
GBR
Ret
EUR
Ret
HUN
17
TUR
21
19º 1
Spyker F8-VIIB ITA
19
BEL
14
JAP
8
CHN
Ret
BRA
Ret
2008 Force India Formula One Team Force India VJM01 Ferrari 056 2.4 V8 AUS
Ret
MAS
Ret
BHR
19
ESP
Ret
TUR
16
MON
Ret
CAN
Ret
FRA
19
GBR
Ret
ALE
15
HUN
Ret
EUR
Ret
BEL
13
ITA
19
SIN
Ret
JAP
Ret
CHN
Ret
BRA
16
20º 0
2009 Force India Formula One Team Force India VJM02 Mercedes FO 108W 2.4 V8 AUS
9
MAS
17
CHN
17
BHR
16
ESP
Ret
MON
14
TUR
17
GBR
17
ALE
15
HUN
Ret
EUR
10
BEL
11
ITA
4
SIN
Ret
JAP
13
BRA
Ret
ABU
17
17º 5
2010 Force India Formula One Team Force India VJM03 Mercedes FO 108X 2.4L V8 BHR
12
AUS
Ret
MAL
5
CHN
11
ESP
7
MON
8
TUR
9
CAN
10
EUR
6
GBR
8
ALE
17
HUN
Ret
BEL
5
ITA
16
SIN
8
JAP
18
COR
Ret
BRA
12
EAU
13
11° 47
2011 Force India F1 Team Force India VJM04 Mercedes FO 108Y 2.4 V8 AUS
9
MAL
11
CHN
15
TUR
13
ESP
13
MON
7
CAN
Ret
EUR
9
GBR
11
ALE
6
HUN
14
BEL
7
ITA
Ret
SIN
8
JAP
11
COR
11
IND
9
EAU
8
BRA
6
42
2013 Force India F1 Team Force India VJM06 Mercedes FO 108Z 2.4 V8 AUS
7
MAL
Ret
CHN
Ret
BHR
13
ESP
13
MON
5
CAN
10
GBR
7
ALE
13
HUN
Ret
BEL
9
ITA
16
SIN
10
COR
20
JAP
14
IND
9
EAU
10
EUA
Ret
BRA
13
13º 29
2014* Sauber Sauber C33 Ferrari 059/3 AUS
11
MAL
Ret
BHR
Ret
CHN
Ret
ESP
17
MON
Ret
CAN
13
AUT
13
GBR
13
ALE
Ret
HUN
11
BEL
14
ITA
15
SIN JAP RUS EUA BRA EAU - 0

* Temporada em andamento.

Referências

  1. Adrian Sutil (em alemão) Sítio oficial Sauber F1.
  2. Adrian Sutil stats f1 statsf1.
  3. Condenado, Sutil paga multa de R$ 463 mil, mas escapa de prisão Portal Terra (31 de janeiro de 2012).
  4. Sutil desiste de recurso contra Lux e encerra caso Diário Lance! (30 de março).
  5. Force India confirma Adrian Sutil e fecha grid da F1 em 2013 Portal Terra. (28 de fevereiro de 2013).
  6. Sauber anuncia Adrian Sutil para temporada 2014 da F-1 UOL (13 de dezembro de 2012).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adrian Sutil