Aeneas Mackintosh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aeneas Mackintosh
Aeneas Mackintosh
Nome completo Aeneas Lionel Acton Mackintosh
Nascimento 1 de Julho de 1879
Tirhut, Índia
Morte 8 de maio de 1916 (36 anos)
Estreito de McMurdo, Antártida
Ocupação Oficial da Marinha Mercante, Explorador

Aeneas Lionel Acton Mackintosh (1 de Julho de 18798 de Maio de 1916) foi um oficial britânico da marinha mercante e explorarador da Antártida, que liderou o Grupo do Mar de Ross, na Expedição Transantártica Imperial de Ernest Shackleton (1914–17). Este grupo tinha a missão de apoiar o grupo de Shackleton na travessia da Antártida instalando depósitos ao longo da rota planeada. Num contexto de grandes dificuldades, o grupo de Mackintosh conseguiu, no entanto, levar a cabo a tarefa, embora Mackintosh e outros dois membros, tenham morrido.

A primeira experiência de Mackintosh na Antártida foi como imediato na Expedição Nimrod (1907–09). Pouco depois de ter chegado à Antártida, perdeu o seu olho direito num acidente com o navio, sendo enviado para a Nova Zelândia. Regressou em 1909 para participar na fase final da expedição; a sua vontade e determinação perante situações adversas impressionaram Shackleton, que o nomeou para chefiar o Grupo do Mar de Ross em 1914.

As ordens que Mackintosh recebeu foram confusas devido a má comunicação, tendo ficado na dúvida sobre as datas da marcha de Shackleton. As suas dificuldades foram agravadas quando o navio do grupo, o SY Aurora, foi arrancado do ancoradouro durante uma tempestade, ficando incapaz de regressar. Apesar de ter perdido equipamento, provisões e pessoal, Mackintosh, e o seu grupo, conseguiram instalar os depósitos. Mackintosh esteve mesmo à beira do perigo, ficando a dever a sua vida aos seus companheiros. Ele, e outro membros, tentaram uma travessia de 24 km de gelo do mar, mas desapareceram durante uma tempestade, presumindo-se que caíram numa fenda; os corpos nunca foram encontrados.

A competência de Mackintosh, e as suas falhas como líder, foram alvo de críticas. Shackleton elogiou o seu trabalho, e o dos seus companheiros, realçando o sacrifício das suas vidas comparando-as àquelas perdidas nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Ao mesmo tempo, criticou a capacidade de organização de Mackintosh. Anos mais tarde, o filho de Shackleton, Lord Shackleton, apontou Mackintosh como um dos heróis da expedição, tal como Ernest Joyce e Dick Richards.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]