Aeroporto Internacional de Campo Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aeroporto Internacional de
Campo Grande
Antônio João


IATA: CGR - ICAO: SBCG
Tipo Público
Administração Infraero
Serve  Campo Grande
Localização Não disponível
Inauguração 1953


Altitude 558 m (1 831 ft)
Movimento em 2011 1.514.185 passageiros
5.073.588 t
31.382 Aeronaves
Capacidade anual 950 mil passageiros
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
06/24 2 700 m (8 858 ft) Asfalto
Taxiway 2 600 m (8 530 ft) Asfalto

O Aeroporto Internacional de Campo Grande - Antônio João (IATA: CGRICAO: SBCG) é o principal aeroporto da cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Com área total de 10.802.318,30 m², está situado na Av. Duque de Caxias, a 7 km do Centro da cidade. A operação do aeroporto é compartilhada com a Base Aérea de Campo Grande.

O aeroporto vem crescendo de forma organizada e planejada desde 1953, ano de inauguração de sua pista principal. Desde 1975 é administrado pela INFRAERO, recebendo grandes benefícios em obras a partir de então e nos anos 90 ganha sua ala internacional. Em 2009 recebeu seu primeiro milhão de passageiros. Estando a uma altitude de 558 metros acima do nível do mar, sua latitude é de 20º28'8 s, sua longitude é de 54º40'11 w. O aeroporto possui fuso horário de UTC -4 (-3DT).

Está classificado como aeroporto internacional de segunda categoria, dispondo de todos os serviços essenciais a esta classificação, além de oferecer suporte para a Aviação Regular Regional, bem como para a Aviação Geral, sendo apoio fundamental para as operações militares e alternativa imprescindível à Aviação Internacional. É o aeroporto mais importante de MS, pois é a porta de entrada do estado e o que oferece mais opções de voo regionais, nacionais e internacionais.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Inicialmente Campo Grande faria parte da linha São Paulo/Três Lagoas/Campo Grande/Corumbá/Cuiabá, linha feita por aviões Junkers 52 trimotores de rodas. Até 1950 os aviões pousavam na região central de Campo Grande, e a partir daí a pista principal começou a ser construída em concreto cimento, e concluída em 1953, quando foi inaugurada (designação oficial conforme Lei Federal n.º 1905, de 21 de julho de 1953), cuja inauguração contou com a presença do então Presidente Getúlio Vargas, que a bordo de uma aeronave Lockheed Constellation da Panair do Brasil, pousou naquela pista, dando-a por inaugurada. O Terminal de Passageiros teve sua inauguração em 20 de janeiro de 1964. Em 1967 foram implantados os pátios de aeronaves civil e militar, em pavimentos rígidos, com o mesmo suporte da pista existente.

Com o aumento da demanda da aviação comercial, foi necessária a ampliação do pátio civil (alargamento), ocorrida doze anos após a sua construção. O Aeroporto Internacional de Campo Grande foi administrado pelo Ministério da Aeronáutica, através do Departamento de Aviação Civil, até 3 de fevereiro de 1975 passando, a partir dessa data, a ser administrado pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), e desde então passou a receber grandes benefícios em obras, visando atender o ritmo acelerado de crescimento da aviação comercial. Na década de 80 o terminal de passageiros sofreu uma ampliação considerável, passando de 1.500m² para 5.000m². Em 1998 houve nova ampliação do terminal de passageiros, que passou de 5.000 para 6.082 m², com a criação da ala internacional.

Companhias aéreas[editar | editar código-fonte]

Linhas nacionais[editar | editar código-fonte]

Companhias Destinos
Brasil AVIANCA Brasília, Cuiabá, Curitiba.
Brasil AZUL Campinas, Rio de Janeiro-Santos Dumont, Cuiabá, Corumbá, São Paulo-Guarulhos.
Brasil GOL/VARIG Brasília, Cuiabá, Curitiba, Manaus, Porto Alegre, Porto Velho, Rio de Janeiro-Galeão, São Paulo-Congonhas e São Paulo-Guarulhos.
Brasil PASSAREDO Dourados .e São Paulo-Guarulhos.
Brasil TAM Brasília, São Paulo-Congonhas e São Paulo-Guarulhos.

Destinos[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Região Centro Oeste[editar | editar código-fonte]

Região Norte[editar | editar código-fonte]

Região Sudeste[editar | editar código-fonte]

Região Sul[editar | editar código-fonte]

Outros serviços[editar | editar código-fonte]

Companhias de carga Destinos
Brasil GOLLOG Belo Horizonte (Confins), Brasília, Cuiabá, Curitiba, Goiânia, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Porto Velho, Presidente Prudente, Recife, Salvador, São Paulo (Congonhas e Guarulhos).
Brasil TAM Cargo São José do Rio Preto, São Paulo (GRU), São Paulo (CGH), Brasilia, Bonito e Cuiabá


Companhias de táxi aéreo
Brasil Aerocentro
Brasil Amapil
Brasil GENSA - General Serviços Aereos LTDA
Brasil Helicenter
Brasil Mac Air Brasil
Brasil Mato Grosso do Sul Táxi Aéreo
Brasil Quartin

Movimento[editar | editar código-fonte]

O aeroporto opera com cerca de cem pousos e decolagens por dia. Em 2009 o aeroporto atingiu seu primeiro milhão de passageiros e no mesmo ano ultrapassaou 5 milhões de toneladas de cargas (incluso mala postal).

Passageiros
Ano Total Domésticos Internacionais
2002 556 016 não informado não informado
2003 477 981 477 826 155
2004 516 494 516 372 122
2005 652 150 649 341 2 809
2006 718 356 695 213 23 143
2007 755 730 744 487 11 243
2008 835 034 823 675 11 359
2009 1 028 643 1 017 371 11 272
2010 1 208 765 1 193 343 15 422
2011 1 381 650 1 366 055 15 595
Aeronaves
Ano Total Domésticas Internacionais
2002 23 960 não informado não informado
2003 24 917 24 780 137
2004 26 075 25 939 136
2005 21 592 21 396 196
2006 21 629 20 861 768
2007 23 066 21 597 1 469
2008 25 075 23 821 1 254
2009 28 152 26 913 1 239
2010 31 382 30 038 1 344
2011 28 519 27 240 1 279
Cargas
Ano Total Domésticas Internacionais
2002 3 891 802 não informado não informado
2003 5 928 441 5 928 441 0
2004 6 351 159 6 351 159 0
2005 5 914 391 5 907 039 7 352
2006 4 805 992 4 800 833 5 159
2007 4 935 170 4 894 319 40 851
2008 5 358 783 5 138 281 220 502
2009 5 862 042 5 575 682 286 360
2010 4 991 891 4 679 004 312 887
2011 4 823 869 4 692 238 131 631

Complexo[editar | editar código-fonte]

Pista de pouso e decolagem

Possui duas pistas homologadas para pouso-decolagem: a principal e a taxiway com revestimento em concreto asfáltico (CBUQ) e grooving. Tem capacidade para receber aviões de médio porte como Boeings 737 e Airbus 320. Dimensões e resistência:

  • Pistas: 2.700/60m (06/24) e 2.500/30m (taxiway)
  • Natureza da Pista: Asfalto
  • Piso: C
  • Sinalização: S

Possui ainda os seguintes equipamentos de auxilio à navegação aérea:

  • Luzes de cabeceira e borda de pista, barra lateral e fim de pista
  • VHF e Gravador
  • Farol Rotativo de aeródromo
  • Indicador de direção do vento Iluminada – Biruta.
  • PAPI (Precision Approach Path Indicator).
  • DTCEA – Destacamento de Controle do Espaço Aéreo;
  • ILS (Instrument Landing System);
  • NDB (Non-Direction-Beacon);
Pátios e estacionamento de aeronaves

Pátio de Manobras possui uma área total de 36.000 m², é revestido por placas de concreto, com capacidade para 8 aeronaves tipo Boeing 737-800 ou similares, e área de estadia e estacionamento de aeronaves revestido com asfalto, com capacidade para 43 aeronaves de médio e pequeno porte.

Serviço contra incêndio

O serviço de contra-incêndio do aeroporto possuí em sua frota veículos de ataque rápido com moderno sistema de combate a incêndios em aeronaves, que comportam água, LGE e Pó químico. Composto ainda pelo efetivo dos Bombeiros Militares do Estado do Mato Grosso do Sul.

Terminal de passageiros[editar | editar código-fonte]

Edificação térrea de alvenaria e concreto, composta por saguão principal, parcialmente climatizado, boxes para Cias aéreas, somente 2 restaurantes e lojas comerciais. Possui capacidade operacional de 950.000/passageiros ano.

  • Área construída: 6.082 m²
  • Estacionamento: 280 vagas (sistema Jet Car, com taxa de estacionamento)

Em 2013 estará inaugurado um terminal de passageiros com capacidade para 2,250 milhões anual sendo o quarto maior aeroporto do centro-oeste.

Área de embarque[editar | editar código-fonte]

  • Balcões de Check-in: 24
  • Portões de embarque: 4
  • Salas de desembarque: 2
  • Salas de embarque: 2

Serviços auxiliares[editar | editar código-fonte]

Alimentação
  • Restaurante, choperia e Café ARATAMA;
  • Casa do Pão de Queijo;
  • Trilha dos Doces / Quiosque de doces e bichos de pelúcia
Caixas Eletrônicos
Conveniência e internet
  • Espaço VIP conveniências, revistaria e cyber
Cultura, artesanatos e artefatos
  • Guaicuru Artesanato Regional
  • Pedras Brasil
Escritórios
  • CVS – Coordenação de Vigilância Sanitária;
  • Ministério da Agricultura.
  • Receita Federal;
  • SAC/ANAC – Seção de Aviação Civil;
Locadoras de veículos
  • Hertz
  • SAG-Unidas
  • Localiza
Moda
  • Moda Pantaneira
Outros serviços
  • Agência dos Correios
  • Ponto de táxi do Aeroporto
  • Polícia Civil
  • Polícia Federal
  • Internet Wi-Fi (não gratuita), disponível em todo o prédio de embarque

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências