Aeroporto Internacional de Chubu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

34° 51′ N 136° 48′ E

Aeroporto Internacional Chubu Centrair
Nagoya Airport view from promenade.jpg
IATA: NGO - ICAO: RJGG
Tipo Público
Administração Central Japan International Airport Co., Ltd.
Serve Nagoya, Aichi, Japão
Localização Não disponível
Inauguração 17 de fevereiro de 2005


Altitude 5 m (16 ft)
Movimento em 2013 Não disponível
Capacidade anual Não disponível
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
14/34 2 740 m (8 990 ft) Asfalto

O Aeroporto Internacional Chubu Centrair (IATA: NGOICAO: RJGG) (em japonês: 中部国際空港, transliteração: Chūbu Kokusai Kūkō) é um aeroporto japonês construído numa ilha artificial perto da cidade de Tokoname, localizado a cerca de 33 quilômetros ao sul da cidade de Nagoya.

O Centrair é classificado como um aeroporto de primeira classe e é a principal porta de entrada para a região de Chubu (Central) do Japão. O nome Centrair (セントレア Sentorea?) é uma abreviação de Central Japan International Airport (Aeroporto Internacional do Centro do Japão), uma tradução alternativa usada no nome inglês da companhia que opera o aeroporto, Central Japan International Airport Co., Ltd. (中部国際空港株式会社 Chūbu Kokusai Kūkō Kabushiki-gaisha).

Mais ou menos 11,721,673 pessoas usaram o aeroporto em 2006, deixando-o assim, como o 8º mais movimentado do Japão. 273,874 toneladas de cargas foram despachadas em 2005. Em 2011, o movimento foi 9,06 milhões de pessoas.

Historia[editar | editar código-fonte]

Chubu é o terceiro aeroporto japonês situado no mar, depois do Aeroporto de Nagasaki e o Aeroporto Internacional de Kansai, e o segundo aeroporto japonês construído em uma ilha feita pelo homem. Há atualmente 5 aeroportos situados no mar, incluindo o Aeroporto de Kobe e o Aeroporto de Kitakyushu.

Com muito lobby de grupos de empresários locais, tais como a Toyota, especialmente para vôos de carga 24 horas, a construção começou em agosto de 2000, com um orçamento ¥768 bilhões (5.5 bilhões, US$7.3 bilhões), mas através de uma gestão eficiente, quase ¥100 bilhões foram economizados. A construtora PentaOcean foi a construtora majoritária.

Além de medidas de cortes, uma série de medidas de proteção ambiental foram tomadas depois de aprende com o Aeroporto de Kansai . A ilha artificial foi moldada com a forma da letra "D" de moda que as correntes marítimas fluíssem livremente. As suas margens foram parcialmente construídas com pedras naturais e inclinadas para que as formas de vida marinhas à criar suas colônias. Durante a construção uma especie de Andorinha-do-mar-anã, estabeleceu-se na região.

Quando o aeroporto abriu em 17 de fevereiro de 2005, tirou quase todos os vôos comerciais do Aeroporto de Nagoya (Agora, Campo de Pouso de Nagoya) e aliviou as áreas de transferência de carga de Tóquio e Kansai. Como substituto do Aeroporto de Nagoya, herdou o código IATA NGO. A abertura do aeroporto antecipou EXPO 2005 na província de Aichi.

A Japan Airlines (JAL) foi a primeira companhia aérea a pousar uma aeronave no Centrair, um Boeing 767-300ER, transportando 206 passageiros vindos de Saipan para comemorar a abertura do aeroporto.[1]

Companhias Aéreas e Destinos[editar | editar código-fonte]

Doméstico[editar | editar código-fonte]

  • ANA Group(Akita, Asahikawa, Fukuoka, Fukushima, Hakodate, Ishigaki, Kagoshima, Kumamoto, Matsuyama, Miyazaki, Nagasaki, Naha, Niigata, Oita, Memanbetsu (Ozora), Sapporo-Chitose, Sendai, Tokushima, Tokyo-Narita, Wakkanai [seasonal], Yonago)
  • Japan Airlines (Aomori, Fukuoka, Hanamaki, Nagasaki, Naha, Kagoshima, Kumamoto, Kushiro, Sapporo-Chitose, Sendai, Tokyo-Narita)


Internacionais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aeroporto Internacional de Chubu
Ícone de esboço Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Feb 10, 2005 GOODBYE & AND THANK YOU KOMAKI AIRPORT