Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde setembro de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma
Seattle-Tacoma International Airport
Aerial KSEA May 2012.JPG
IATA: SEA - ICAO: KSEA - FAA: SEA
Tipo Público
Administração Port of Seattle
Serve Seattle, Tacoma
 Washington
 Estados Unidos
Localização Não disponível
Inauguração 1944 (70 anos)
Coordenadas 47° 26' 56" N 122° 18' 34" O
Altitude 132 m (433 ft)
Movimento em 2012[1] 33,2 mi
283 500 t
309 597
Capacidade anual Não disponível
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
16L/34R 3 627 m (11 900 ft) Asfalto
16C/34C 2 873 m (9 426 ft) Concreto
16R/34L 2 591 m (8 501 ft) Concreto

O Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma (em inglês: Seattle-Tacoma International Airport), também conhecido como Sea-Tac Airport, é um aeroporto americano. Localizado na cidade de SeaTac no estado de Washington, serve as cidades de Seattle e Tacoma, assim como todo o oeste do estado de Washington.

Em 2012, o aeroporto serviu mais de 33 milhões de passageiros, fazendo do mesmo o 15º aeroporto mais movimentado dos Estados Unidos.[1] O aeroporto também é conhecido pelo seu estacionamento de 13 mil vagas, o que faz do mesmo o maior estacionamento "sobre o mesmo teto" da América do Norte.[2]

As cinco principais operadoras de voos do aeroporto em número de passageiros transportados em 2012 foram: Alaska Airlines (35,6%), Horizon Air (14,1%), Delta Air Lines (11,6%), Southwest Airlines (8,5%), United Airlines (5,7%).[3]

O aeroporto é o principal hub da companhia aérea Alaska Airlines e da sua subsidiária, a Horizon Air.

História[editar | editar código-fonte]

O aeroporto foi construído em 1944 pela Port of Seattle para servir civis da região, depois de que as Forças Armadas dos Estados Unidos tomaram controle do Campo da Boeing (em inglês: Boeing Field)[nota 1] para uso na segunda Grande Guerra. O Port of Seattle recebeu um milhão de dólares da FAA para a construção do aeroporto, e cem mil dólares da cidade de Tacoma. Os primeiros voos regulares do aeroporto foram da Northwest e da Trans-Canada (atual Air Canada), os voos da Western e da United Airlines mudaram-se do Campo da Boeing alguns anos depois, e os da Pan Am em 1952 e 1953, porém West Coast permaneceu no aeroporto do Condado de King, até depois de sua incorporação à Hughes. Dois anos depois, o "internacional" foi adicionado ao nome do aeroporto, quando a Northwest Airlines começou a direcionar seus serviços à Tóquio, no Japão.

Notas e referências

Notas

  1. Também conhecido como Aeroporto Internacional do Condado de King, ou pelo nome em inglês Boeing Field

Referências

  1. a b Airport Statistics (em inglês). Visitado em 30 de agosto de 2013.
  2. 13,000 Spaces Under One Big Top (em inglês). Visitado em 15 de setembro de 2013.
  3. 2012 Airport Activity Report (em inglês). Visitado em 10 de setembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma