Aeroporto de Blumenau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Aeroportos do Brasil.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Aeroporto de Blumenau


IATA: BNU - ICAO: SSBL
Tipo Público
Administração Prefeitura Municipal (SETERB)
Serve Blumenau
Localização Não disponível
Inauguração 07/09/1970


Altitude 21 m (69 ft)
Movimento em 2013 Não disponível
Capacidade anual Não disponível
Website oficial Não disponível
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
36/18 1 080 m (3 543 ft) Asfalto

O Aeroporto de Blumenau, conhecido também como Aeroporto Quero-Quero, numa alusão à ave abundante na região, serve o município do mesmo nome, no estado brasileiro de Santa Catarina.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

  • Latitude: 26º49'58S
  • Longitude: 49º05'37W
  • IATA: BNU
  • ICAO: SSBL
  • Nome do Aeroporto: Aeroporto Regional de Blumenau
  • Altitude: 21 metros (70 ft/pés)
  • Rádio Freqüência utilizada próximo ao AD: 123,45 MHz (frequência livre)
  • Terminal de passageiros: 600,00 m² (localizado ao centro da pista)
  • Movimento Aéreo (Pousos e Decolagens):
  • Combustível: Avgas (GAV 100)
  • Opera: Visual Diurno
  • TWR: N
  • ILS: N
  • VOR: N
  • NDB: S 760.0 MHz - 1Nm da THR 36
  • NOTAM: Paraquedismo acontece centro AD SSBL - RAIO 03KM
  • ROTAER: ACFT e planadores em vôo de instrução próximo ao AD. Obstáculo (antena) balizado, DIST 2200M THR 36. Elevado fluxo de TFC aéreo na região e possibilidade de conflitos.
  • Horário Local: UTC-3 (do 3° domingo de outubro ao 3° domingo de fevereiro: UTC - 2)

Complexo[editar | editar código-fonte]

  • Sítio aeroportuário: 200.000 m²
  • Pátio de Manobras de Aeronaves / APRON: 2.000 m²
  • Área de Estadia de Aeronaves / PARK: 21.000 m² - 7 posições (grande porte)
  • Estacionamento de Veículos: 2.600 m²
  • Dimensões da Pista: 1080 m (3453 ft) X 30 m
  • Piso: A
  • Sinalização: S
  • Resistência da Pista: 17 PCN

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto de Blumenau operava voos regulares para o Aeroporto Internacional de Congonhas, em São Paulo, pela Rio Sul nos anos 80, com aeronaves Bandeirante, e nos anos 90 com a TAM, inicialmente com os Cessna Caravan, Fokker 27 e depois com os Fokker 50.

Porém, quando a empresa modernizou sua frota com aeronaves Fokker 100, não foi possível manter os voos pelas limitações da pista. O Aeroporto de Blumenau passou, então, a atender somente voos executivos e aeronaves de pequeno porte.

Um projeto para ampliação da pista foi efetuado, prevendo mais 17 metros em sua largura e um quilômetro na extensão, além da modernização do terminal de passageiros e cargas.

Mas o projeto não prosperou pela falta de espaço, devido à propriedades particulares nos arredores do aeródromo e de alguns morros próximo da cabeceira 18. Aliado a isso, em 1996 a queda do Fokker 100 da TAM dentro da cidade de São Paulo, levou o prefeito da época a vetar a ampliação, pelo risco de manter operações comerciais numa região densamente povoada. Todavia algumas melhorias como a reforma da sede do aeroclube e do Terminal do Aeroporto foram concretizadas.

Junto ao aeródromo estão instalados o Aeroclube de Blumenau, com a escola de aviação civil, que oferece cursos de Piloto Privado de Avião, Piloto Comercial/IFR de Avião, Planador e voos panorâmicos e o Clube de Paraquedismo Ícaros do Vale.

Atualmente a demanda de passageiros de Blumenau e região é atendida pelo Aeroporto Internacional de Navegantes, localizado a 45 km do centro, e que é atendido por ônibus fretados pelas companhias aéreas.

Durante um curto período de tempo, a Ocean Air chegou a oferecer horários partindo de Blumenau, com aeronaves Brasília, logo cancelados por falta de demanda.A Brava linhas aéreas (NHT Linhas Aéreas) anunciou que irá operar vôos para o aeroporto não há previsao para o início das operações. an[2]

Referências