Aeroporto de São José do Rio Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aeroporto Estadual Prof. Eribelto Manoel Reino - São José do Rio Preto


IATA: SJP - ICAO: SBSR[1]
Tipo Público[1]
Administração DAESP
Serve São José do Rio Preto[1]
Localização Não disponível
Inauguração 1959[2]


Altitude 543 m (1 781 ft)
Movimento em 2013 Baixa758.513 passageiros
Baixa486.498 toneladas
Aumento31.722 aeronaves
Capacidade anual 270.000 passageiros
Website oficial Página oficial
Pistas
2
Cabeceiras Comprimento Superfície
07 e 25[1] 1 640 m (5 381 ft) Asfalto

O aeroporto São José do Rio Preto,[1] também denominado Aeroporto Estadual Prof. Eribelto Manoel Reino[3] , localiza-se no município de São José do Rio Preto, no interior do estado de São Paulo, e foi inaugurado em 1959.[2] Em junho de 1999, o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP), administrador do aeroporto, inaugurou um terminal ao lado do antigo. O antigo terminal atualmente é usado para embarque e desembarque de cargas, apenas.[2]

Opera em período integral (H24) e recebeu em 2011 mais de 660 mil passageiros,[4] tornando-se o 33° aeroporto mais movimentado do Brasil.

Características[editar | editar código-fonte]

Embarques e desembarques de passageiros por período[5]
Período Embarques e desembarques

2008 304.381
2009 303.466
2010 424.740
2011 669.290
2012 770.569
2013 758.513
  • Latitude 20º 48' 58" S[1]
  • Longitude 049º 24' 17" W[1]
  • Indicador de localidade ICAO: SBSR[1]
  • Horário de Funcionamento: H24
  • Código de pista: 2
  • Tipo de operação: VFR diurna, VFR noturna, IFR diurna de não-precisão e IFR noturna de não-precisão.[1] [6]
  • Altitude: 543 m (1.781 ft)[1]
  • Área patrimonial: 83,31 ha
  • Temperatura ambiente (média): 24 °C
  • Categoria do serviço de salvamento e contraincêndio: 6[1]
  • Distância da capital: aérea, 421 km; rodoviária, 445 km
  • Distância até o centro da cidade: 3 km[nota 1]
  • Endereço: av. dos Estudantes, 3505, CEP 15035-010
  • Telefones:
    • Central: +55 (17) 3233-1919
    • Centro Meteorológico de Aeródromo (CMA): +55 (17) 3235-5058[1]
    • Sala AIS: +55 (17) 3235-5058[1]

Área de movimento[editar | editar código-fonte]

Nota: todas as dimensões estão em metros, exceto onde a unidade de medida estiver explicitamente indicada.

  • Dimensões da strip: 1280 x 150

Pistas de pousos e decolagens[editar | editar código-fonte]

  • Tipo de pavimento: asfalto[1]
  • Dimensões: 1.640 x 35[1] [nota 2] [6]
  • Designação das cabeceiras: 07 e 25[1]
  • Declividade máxima: 0,964%
  • Declividade efetiva: 1,50%
  • Resistência do pavimento (PCN): 35/F/B/X/T
  • Cabeceira predominante: 07
  • Recuo permanente de 60 metros na cabeceira da pista 07[nota 3]
  • A pista possui grooving (sistema de escoamento de água), o que permite maior aderência do pneu da aeronave ao solo, durante as chuvas.

Pistas de táxi[editar | editar código-fonte]

  • Tipo de pavimento: asfalto[nota 4]
  • Dimensões das taxiways (pistas de táxi):
    • Taxiway A (ligação do pátio nº 2 à pista): 40 X 30
    • Taxiway C (ligação da taxiway B à cabeceira 07): 74 x 23
    • Taxiway B + taxiway C (ligação do pátio nº 2 à cabeceira 07): 910 x 23
    • Taxiway D (ligação do pátio nº 2 à cabeceira 25): 607 x 23
    • Distância do ARP[nota 5] à cabeceira mais próxima (cabeceira 25): 680
Airbus A319 em SBSR.

Pátios[editar | editar código-fonte]

  • Tipo de pavimento: asfalto
  • Dimensões do pátio nº 1: 250 x 123,5
  • Dimensões do pátio nº 2: 17.400m2
  • Distância da borda externa de cada pátio ao eixo das pistas 07 e 25:
    • Pátio nº 1: 113,50
    • Pátio nº 2: 81,50
  • Capacidade de aviões: 12 Boeing 737

Auxílios operacionais[editar | editar código-fonte]

  • NDB JRP: frequência 420 kHz
  • Estação Prestadora de Telecomunicações Aeronáuticas (EPTA), frequência 130,85 MHz[1]
  • Centro Meteorológico de Aeródromo (CMA)
  • Biruta
    ERJ 170-200LR Delta Connection no pátio do Aeroporto de São José do Rio Preto-SP
  • Luzes de cabeceira de pista
  • Luzes laterais de pista
  • Farol de aeródromo (ABN)
  • Luzes laterais de taxiway
  • Luzes de eixo de taxiway
  • Luzes de obstáculos
  • Iluminação de pátio
  • Circuito de tráfego aéreo (ATZ): padrão
  • Sala de Informações Aeronáuticas de aeródromo (Sala AIS)

Existe a intenção de instalar no aeroporto uma torre de controle de tráfego aéreo (TWR). A medida foi motivada pelo contínuo aumento do número de pousos e decolagens no aeroporto, o que vem ocorrendo desde 2009, ano em que foram implantadas novas rotas aeronáuticas na região. Atualmente, as orientações para aeronaves que pousam e decolam são transmitidas apenas com o auxílio do serviço de radiocomunicação da EPTA, denominado AFIS.[nota 6] O aeroporto possui oito operadores de rádio na EPTA, porém eles não têm contato visual com as aeronaves que se preparam para pousar ou decolar. A função da TWR é essencialmente a mesma da EPTA, porém com visualização de todo o tráfego aéreo no aeroporto e imediações. Para que haja a instalação da TWR é necessário que o aeroporto apresente um volume de passageiros ideal, mas no caso de SBSR isso já ocorreu.

A conclusão das obras e entrada de operação estava prevista para até o final de 2012,[8] porém o aeroporto permanece (17/10/2013) operando somente com AFIS.[1]

Obras de ampliação do aeroporto de Rio Preto começaram (17/01/2014)

A obra de ampliação do terminal de passageiros e do estacionamento do aeroporto Professor Eribelto Manoel Reino, esperada por anos por rio-pretenses frequentadores do espaço, começou oficialmente esta semana sob o comando da construtora Engerb.Todo o projeto custa aproximadamente R$ 18 milhões, bancado pelo Governo Estadual. 

As máquinas estão trabalhando inicialmente na área onde era o antigo estacionamento, ao lado do terminal, região onde será feita a expansão. As obras são voltadas para a preparação e mobilização de pessoas e equipamentos no aeroporto, com a adequação necessária e remoção de interferências, como cabeamento, outdoor etc. Com isso, o estacionamento de veículos será realocado para uma área adjacente a avenida dos Estudantes e ao novo terminal. 

A mobilização começou em dezembro, como previsto no ato da assinatura do projeto, com o planejamento e o preparo da estratégia e logística para a execução dos serviços para que haja o mínimo de interferência na operacionalidade geral do aeroporto. Ao todo, serão aproximadamente 60 trabalhadores responsáveis pela obra que tem execução total prevista de 20 meses, tendo começado em dezembro de 2013 e com a conclusão prevista para agosto de 2015. 

O pacote de obras prevê a ampliação do terminal de passageiros dos atuais 2.250 metros quadrados para 5.900 metros quadrados. A nova área contará com saguão central, salas de embarque e desembarque, áreas para check-in e check-out, esteiras, raio-x para inspeção de bagagens, sistema de climatização e área para vistoria de bagagens despachadas. 

O terminal contará também com cobertura do sistema viário para embarque e desembarque, que visa proteger os passageiros de condições climáticas adversas como chuvas. Também serão disponibilizados espaços para implantação de serviços cujo intuito é proporcionar mais conforto aos usuários, como cafeteria, lanchonete, restaurante, lojas, locadoras de veículos, bancos, entre outros. Já o estacionamento, que hoje conta com um total de 140 vagas disponíveis, passará a comportar 300 veículos após a expansão. 

Fluxo 

O aeroporto de Rio Preto é o segundo maior em movimentação do Estado de São Paulo dentre os administrados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), atrás apenas do de Ribeirão Preto. Em dezembro de 2013, a movimentação de passageiros apresentou crescimento de 3,68% em relação ao mês anterior. 

Foram 64.759 passageiros em novembro, entre regulares e não regulares, embarques e desembarques, contra 67.143 em dezembro. O crescimento foi ainda maior quando comparado com dezembro de 2012. O número de passageiros saltou de 63.607 em dezembro de 2012 para 67.143 em dezembro de 2013, um aumento de 5,56%.

Abastecimento[editar | editar código-fonte]

Shell e BR Aviation: gasolina de aviação e querosene de aviação

Instalações[editar | editar código-fonte]

  • Terminal de Passageiros: 2.0002
  • Estacionamento para veículos terrestres: 250 vagas (pavimento: asfalto)

Serviços[editar | editar código-fonte]

  • Hangares: 13
  • Casa de Força (KF): KC/KT
  • Restaurante
  • Lanchonete
  • Banca de jornal
  • Venda de aviões
  • Locação de veículos automotivos
  • Telefone público
  • Correios
  • Ônibus urbano
  • Táxi aéreo
  • Detector de metais
  • Raio-X
  • Sinalização vertical no Terminal de Passageiros (TPS)
  • Reserva de hotéis
  • Espaço para publicidade
  • Veículos de emergência
  • Ponto de táxi
  • Transporte interno para passageiros
  • Espaço para restituição de bagagem
  • Área de pré-embarque
  • Caixas eletrônicos Bradesco, Banco Santander, Banco do Brasil

Companhias aéreas[editar | editar código-fonte]

A tabela abaixo ilustra sinteticamente as companhias aéreas que atualmente operam no aeroporto, as aeronaves por elas utilizadas e os destinos disponíveis na modalidade "voo direto".

Companhias Aeronaves Destinos
Azul ATR-72 e ERJ-195 Campinas, Cuiabá e Rio de Janeiro
Passaredo ATR-72 Ribeirão Preto e Guarulhos
TAM Airbus A319 e Airbus A320 Congonhas, Guarulhos e Porto Seguro , Brasilia,a partir de Fevereiro de 2015 .[nota 7]
  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t BRASIL. COMAER. DECEA. ROTAER. Acesso em 25 de novembro de 2013.
  2. a b c Inauguração do Aeroporto de Rio Preto Diarioweb.com.br. Visitado em 17 de fevereiro de 2012.
  3. BRASIL. DAESP. Página oficial do aeroporto. Acesso em 26 de novembro de 2013.
  4. Estatísticas do ano de 2011 (RAR) DAESP. Visitado em 26 de novembro de 2013.
  5. Estatísticas (RAR) DAESP. Visitado em 21 de dezembro de 2013.
  6. a b BRASIL. ANAC. Lista de aeródromos públicos. Acesso em 29 de dezembro de 2013.
  7. a b BRASIL. COMAER. DECEA. AISWEB. Cartas. Acesso em 29 de dezembro de 2013.
  8. Aeroporto vai ganhar uma torre de controle Diário da Região (17 de abril de 2011). Visitado em 05 de outubro de 2011.


Erro de citação: existem marcas <ref> para um grupo chamado "nota", mas nenhuma marca <references group="nota"/> correspondente foi encontrada (ou uma marca de fechamento </ref> está faltando)