Agência Mundial Antidoping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência Mundial Antidoping (em inglês: World Anti-Doping Agency, WADA; em francês: Agence mondiale antidopage, AMA) é uma organização independente criada por iniciativa coletiva liderada pelo Comité Olímpico Internacional (COI). Fundada em 10 de novembro de 1999 em Lausanne, Suíça, tem por objetivo coordenar a luta contra o doping. Atualmente é presidida pelo antigo ministro das finanças da Austrália John Fahey. Em 2001, a organização mudou sua sede para Montreal, Canadá.

Inicialmente fundada pelo COI, hoje apenas metade de seu orçamento vem da entidade. O restante vem de vários governos do mundo. A agência ajuda Federações Esportivas Internacionais a realizar provas nas áreas de educação e pesquisa. Também produz uma lista de substâncias que os atletas não podem consumir.[1]

Código Mundial Antidoping[editar | editar código-fonte]

Em 2004, o Código Mundial Antidoping foi implementado por organizações esportivas a partir dos Jogos Olímpicos de Atenas, padronizando as regras que governam o anti-doping em todos os esportes em todos os países. O Código Mundial Antidoping não tem o estatuto de lei pública internacional.

Referências

  1. The World Anti-Doping Code: The 2011 prohibited list wada-ama.org (2011). Visitado em 5 de agosto de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre os Jogos Olímpicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.