Aga Khan III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Aga Khan III (Sultan Mohamed Xá ou آغا خان الثالث, em Persa, 2 de Novembro de 1877 - 11 de Julho de 1957) foi filho de Aga Khan II e seu sucessor com a sua morte em 1885. Foi o terceiro imame dos ismailitas a usar este título. Usou ainda os títulos de “Sir”, “Sultão”, “Príncipe de Bombaim” e Presidente da “Liga dos Muçulmanos de Toda-a-Índia”, de que foi um dos fundadores.

Mohamed nasceu em Karachi (naquela época pertencia à colónia britânica da Índia, actualmente ao Paquistão), filho da segunda esposa de Aga Ali Xá, Nawab A'lia Shamsul-Muluk, que era neta do da Pérsia, Fath Ali Shah. Foi a mãe quem guiou a sua educação, não só nos preceitos do islão, mas também nos valores da civilização ocidental; Mohamed chegou a frequentar Eton e a Universidade de Cambridge [1] .

Em 1918 publicou um livro que ficou célebre, “India in Transition”. Entre 1934-38 foi chefe da delegação da Índia à Sociedade das Nações e presidente desta organização em 1937-38.

Nos seus jubileus, foi presenteado pelos seus súditos com o seu peso em ouro (em Bombaim e em Nairobi) e simbolicamente em diamantes. Com estes presentes, o príncipe Aga Khan III continuou a obra dos seus antecessores de apoio ao desenvolvimento e de propaganda religiosa.

Referências

  1. "Aga Khan, Fashionable Londoner, Holds Enormous Power in Islam", The New York Times, 8 July 1923, p. XX5.