Age Ain't Nothing but a Number

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Age Ain't Nothing but a Number
Álbum de estúdio de Aaliyah
Lançamento 13 de Junho de 1994 (1994-06-13)
Gravação Setembro de 1993–Maio de 1994
Chicago Recording Company
(Chicago, Illinois)
Gênero(s) R&B
Duração 48:54
Gravadora(s) Blackground/Jive/BMG Records
01241-41533
Produção Barry Hankerson (exec.), R. Kelly
Cronologia de Aaliyah
Último
Último
One in a Million
(1996)
Próximo
Próximo
Singles de Age Ain't Nothing But a Number
  1. "Back & Forth"
    Lançamento: 1 de Janeiro de 1994
  2. "At Your Best (You Are Love)"
    Lançamento: 22 de Agosto de 1994
  3. "Age Ain't Nothing but a Number"
    Lançamento: 6 de Dezembro de 1994
  4. "Down with the Clique"
    Lançamento: 2 de Maio de 1995
  5. "The Thing I Like"
    Lançamento: 3 de Agosto de 1995


Age Ain't Nothing but a Number é o álbum de estúdio de estreia da artista americana Aaliyah, lançado sob a Jive e Blackground Records em 13 de Junho de 1994, nos Estados Unidos. Após ter assinado um contrato com seu tio Barry Hankerson, Aaliyah foi introduzida para o artista e produtor R. Kelly. Ele se tornou seu mentor, assim como o compositor e produtor principal do álbum. O duo gravou o álbum no Chicago Recording Company em Chicago, Illinois. O álbum apresentou dois hit singles, incluindo o top 10 "Back & Forth" e "At Your Best (You Are Love)"; ambos os singles foram certificados ouro nos Estados Unidos pela Recording Industry Association of America (RIAA). Dois singles adicionais seguiram: "Age Ain't Nothing But a Number" and "No One Knows How to Love Me Quite Like You Do".

Age Ain't Nothing But a Number recebeu no geral avaliações positivas dos críticos musicais. Muitos notaram a habilidade vocal de Aaliyah e elogiaram o conteúdo lírico. Aaliyah foi creditada por ter redefinido o R&B por ter juntado sua voz com o new jack swing de Kelly. O álbum chegou ao número 18 da Billboard 200 e vendeu mais de três milhões de cópias nos Estados Unidos, onde foi certificado platina dupla pela RIAA.[1] O álbum foi certificado Ouro no Canadá pela Music Canada e Prata no Reino Unido pela British Phonographic Industry (BPI). O álbum vendeu até hoje mais de 6 milhões de cópias mundialmente.

História e gravação[editar | editar código-fonte]

Após o tio de Aaliyah, Barry Hankerson, assinou um contrato de distribuição com a Jive Records, ele a assinou com seu selo Blackground Records quando ela tinha 12 anos de idade.[2] [3] Hankerson então a apresentou ao artista e produtor R. Kelly.[4] Ele se tornou o mentor de Aaliyah, assim como o compositor e produtor principal do álbum.[5] [6] Aaliyah e Kelly então começaram o álbum em 1993 quando ela tinha 14 anos.[3] O duo gravou a primeira canção, "Old School", no Chicago Recording Company em Chicago, Illinois.[7] [8] Durante a gravação, Kelly a treinou como eles trabalhavam durante várias horas no estúdio. Ela as vezes cantava as canções inúmeras vezes em ordem de alcançar "excelência".[9] Ele afirmou que Aaliyah foi "um dos melhores artistas jovens" com quem ele já trabalhou.[8]

Conteúdo musical[editar | editar código-fonte]

Aaliyah cantou suas canções em um falsetto. Ela sentiu que as canções "vieram à você de um jeito meio duro, um pouco pesado, hip-hop, mas os vocais podem ser bastante relaxantes".[10] Ela veio a dizer, "liricamente eu quero que as coias sejam diferentes."[10]

Comercialização e produção[editar | editar código-fonte]

Um mês antes do lançamento do single de estreia, "Back & Forth", Aaliyah participou da conferência "Power Jam" do Urban Network, onde ela foi apresentada e "recebida calorosamente".[8] "Back & Forth" alcançou o número cinco da Billboard Hot 100 enquanto chegou ao topo da parada Hot R&B/Hip-Hop Songs por três semanas.[11] A canção foi certificada Ouro pela RIAA.[12] O segundo single, "At Your Best (You Are Love)", alcançou o número seis na Billboard Hot 100 e também foi certificado Ouro pela RIAA.[11] [12] Na promoção para o álbum, Aaliyah embarcou em uma turnê mundial que durou de 1994 a 1995.[13]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[14]
Entertainment Weekly B+[15]
Rolling Stone 2.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg[16]
Slant Magazine 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[17]

Age Ain't Nothing But a Number recebeu no geral avaliações positivas dos críticos musicais. Alguns escritores notaram que "os vocais sedosos" de Aaliyah e sua "voz sensual" combinados com o new jack swing de Kelly ajudaram a definir o R&B nos anos 1990.[15] [17] Seu som também foi comparado com o do quarteto feminino En Vogue.[15] [16] Christopher John Farley da revista Time descreveu o álbum como um "trabalho muito bem contido", notando que Aaliyah e seus "vocais sussurrados de menina foram calmamente com as batidas rudes de R.Kelly".[18] Stephen Thomas Erlewine do Allmusic sentiu que o álbum teve sua "cota de encheção de linguiça", mas descreveu os singles como "sedosamente sedutivos".[14] Ele também disse que as canções do álbum foram "frequentemente melhores" do que as do segundo álbum de estúdio de Kelly, 12 Play.[14]

O álbum estreou no número 24 da parada Billboard 200, vendendo 74,000 cópias na semana de lançamento.[19] [20] O álbum finalmente chegou a posição número 18 da parada.[21] Vendeu três milhões de cópias nos Estados Unidos, onde foi certificado duas vezes Platina pela RIAA e vendas mundiais eram de 5 milhões até 2001.[12] [22] [23] No Canadá, o álbum vendeu mais de 50,000 cópias e foi certificado ouro pela Music Canada.[24] Também chegou ao número 44 da Dutch Albums Chart;[25] chegou ao número 23 da UK Albums Chart, onde foi certificado prata pela BPI por vendas de 60,000.[26] [27]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas por R. Kelly, exceto as notadas.

  1. "Intro" – 1:30
  2. "Throw Your Hands Up" – 3:34
  3. "Back & Forth" – 3:51
  4. "Age Ain't Nothing But a Number" – 4:14
  5. "Down with the Clique" – 3:24
  6. "At Your Best (You Are Love)" (Ernie Isley, Marvin Isley, O'Kelly Isley, Ronald Isley, Chris Jasper) – 4:52
  7. "No One Knows How to Love Me Quite Like You Do" – 4:07
  8. "I'm So into You" – 3:26
  9. "Street Thing" – 4:58
  10. "Young Nation" – 4:41
  11. "Old School" – 3:17
  12. "I'm Down" – 3:16
  13. "The Thing I Like" (faixa bônus no Reino Unido) – 3:23[28]
  14. "Back & Forth (Mr. Lee & R. Kelly's Remix)" (faixa bônus) – 3:43[28]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (1994–2001) Melhor
posição
Certificação
(vendas limiares)
Canadian Albums Chart[24] 25 Gold.png Ouro[24]
Dutch Albums Chart[25] 44 Gold.png Ouro[25]
European Albums Chart[25] 68
Japanese Albums Chart[29] 39 Gold.png Ouro
Israel Albums Chart[25] 96
UK Albums Chart[26] 23 Silver.png Prata[27]
E.U.A. Billboard 200[21] 18 Double Platinum.png 2× Platina[12]
U.S. Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums[21] 3
U.S. Billboard Top Internet Albums (2001)[30] 13

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Aaliyah - Certifications. Página visitada em October 3, 2010.
  2. Farley 2002, p. 35
  3. a b "Aaliyah", The Daily Telegraph, Telegraph Media Group, November 22, 2001. Página visitada em May 17, 2009.
  4. Perrone, Pierre. "Aaliyah - Obituaries, News", The Independent, Independent News & Media, August 27, 2001. Página visitada em May 17, 2009.
  5. "Aaliyah: Latest Victim of Crashes That Cut Short Fame - Obituary", Ebony, FindArticles, November 2001. Página visitada em May 17, 2009.
  6. Dansby, Andrew (August 27, 2001). Aaliyah Dies in Plane Crash. Rolling Stone. Wenner Media. Página visitada em May 17, 2009. Cópia arquivada em 23 June 2009.
  7. Music: Age Ain't Nothing But A Number (CD) by Aaliyah (Artist). Tower Records. Página visitada em May 18, 2009. Cópia arquivada em 7 April 2009.
  8. a b c Sutherland 2005, p. 20
  9. Kenyatta 2002, p. 19
  10. a b Farley 2002, pp. 52–53
  11. a b Chart Beat Bonus. Billboard. Nielsen Business Media (August 31, 2001). Página visitada em August 26, 2009. Cópia arquivada em 26 August 2009.
  12. a b c d RIAA - Gold & Platinum. Recording Industry Association of America. Página visitada em April 14, 2009.
  13. Pareles, Jon. "Aaliyah, 22, Singer Who First Hit the Charts at 14", The New York Times, The New York Times Company, August 27, 2001. Página visitada em September 14, 2009.
  14. a b c Erlewine, Stephen Thomas. Age Ain't Nothing But a Number - Review. Allmusic. Página visitada em May 17, 2009.
  15. a b c Ehrlich, Dimitri (June 17, 1994). Age Ain't Nothing But a Number - Music Review. Entertainment Weekly. Time. Página visitada em May 17, 2009. Cópia arquivada em 21 April 2009.
  16. a b Brackett & Hoard 2004, p. 1
  17. a b Cinquemani, Sal (2001). Aaliyah: Age Ain't Nothing But a Number. Slant. Página visitada em May 17, 2009. Cópia arquivada em 9 May 2009.
  18. Farley, Christopher John. "Siren of Subtlety", Time, Time, August 26, 2001. Página visitada em September 14, 2009.
  19. Billboard 200 - Week of June 11, 1994. Billboard. Nielsen Business Media. Página visitada em May 1, 2010. Cópia arquivada em 1 May 2010.
  20. Aaliyah's Profile. SS Music. Página visitada em May 1, 2010. Cópia arquivada em 9 April 2010.
  21. a b c Age Ain't Nothing But a Number - Aaliyah. Billboard. Nielsen Business Media. Página visitada em August 26, 2009. Cópia arquivada em 26 August 2009.
  22. Pesselnick, Jill. (November 17, 2001). "Madonna Earns Another RIAA Diamond" 113 (46). Nielsen Business Media. ISSN 0006-2510.
  23. [1][ligação inativa]
  24. a b c Canadian Recording Industry Association (CRIA): Certfication Results. Canadian Recording Industry Association. Página visitada em May 17, 2009. Cópia arquivada em 1 June 2009.
  25. a b c d e Aaliyah - Age Ain't Nothing But a Number (Album). Ultratop. Página visitada em May 17, 2009.
  26. a b Aaliyah - Age Ain't Nothing But a Number. Chart Stats. Página visitada em May 17, 2009. Cópia arquivada em January 18, 2013.
  27. a b Certified Awards Search. British Phonographic Industry. Página visitada em August 26, 2009.
  28. a b Age Ain't Nothing But a Number: Aaliyah. Amazon.com. Página visitada em May 18, 2009.
  29. http://aaliyahremembered2.homestead.com/files/Japan.pdf
  30. Aaliyah Album & Song Chart History. Billboard. Página visitada em September 28, 2010.

Referências[editar | editar código-fonte]