Age of Empires III: The Asian Dynasties

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Age of Empires III: The Asian Dynasties
Capa da expansão
Produtora Microsoft Game Studios
Editora(s) Ensemble Studios, Big Huge Games
Plataforma(s) Windows XP, Windows Vista
Data(s) de lançamento Estados Unidos 23 de Outubro de 2007 (AN)
União Europeia 2 de Novembro de 2007 (UE)
Gênero(s) Estratégia em Tempo Real
Modos de jogo Single Player, Multiplayer
Número de jogadores Definido pelo usuário
Média PC CD-ROM
Controles Mouse e Teclado

Age of Empires III: The Asian Dynasties é o segundo pacote de expansão do jogo Age of Empires III. É o primeiro jogo da série a não ser produzido pela Ensemble Studios e sim pelo Big Huge Games, criador da série Rise of Nations. Desta vez, a história não se passa no Novo Mundo, mas o faz na Ásia. Haverá 3 novas civilizações, 15 novos monumentos, e 6 novas tribos. Haverá uma nova campanha para cada uma das civilizações asiáticas.

Novas Civilizações[editar | editar código-fonte]

Em "The Asian Dynasties", há 3 novas civilizações[editar | editar código-fonte]

Civilização Capital Bônus Único de Civilização Líder
Japão Edo A caça não é permitida. Santuários (substituto japonês da casa) atraem animais e geram recursos. Pode enviar a maioria das provisões duas vezes. Tokugawa
China Pequim Treina exércitos de bandeira com dois tipos de unidades. Aldeias substituem casas, permitindo provisões de guarnições e recebimento. Kangxi
Índia Délhi Aldeões custam madeira. Gera pontos de experiência de curral no campo sagrado. Recebe um aldeão a cada provisão. Akbar

As civilizações asiáticas usam Monges como Exploradores (Japão e Índia usam dois).

Há também 6 novas tribos, que são[editar | editar código-fonte]

Novos Mapas[editar | editar código-fonte]

Há também 10 novos mapas, que são:

Campanhas[editar | editar código-fonte]

Há uma campanha para cada uma das três nações asiáticas.

Campanha Descrição da Campanha
Japonesa A campanha japonesa se passa no Xogunato Tokugawa no século XVII. O herói dessa campanha é Sakuma Kichiro, um General do Shogun Tokugawa.
Chinesa A campanha chinesa se passa em 1421, na chamada Hipótese de 1421, onde a China teria chegado à América antes de Colombo. O herói dessa campanha é Jian Huang, um Capitão Chinês.
Indiana A campanha Indiana se passa na época da Revolta dos sipais no século XIX. O herói dessa campanha é um homem chamado Nanib, um soldado da Companhia Britânica das Índias Orientais, mais que depois passa para o lado dos Rebeldes Indianos que lutam pela sua Independência (Igual a Chayton Black, da campanha "Ato II: Sombras" da expansão The War Chiefs, que substituí sua antiga amizade com os norte-americanos pela amizade dos Sioux).

Mudança de Eras e Monumentos[editar | editar código-fonte]

As civilizações asiáticas usam seus aldeões para passar de era, selecionando o aldeão, haverá o ícone de mudar de era junto aos ícones de construções, depois de clicar no ícone de mudança de era, seleciona-se o ícone de um monumento (a cada vez que for avançar), e escolha um local para colocar o monumento. São cinco no total para cada civilização asiática:

Indianos
Monumento Bónus
Forte de Agra Uma poderosa fortaleza.
Taj Mahal Cessar-Fogo temporário.
Karni Mata Aldeões próximos coletam mais rápido.
Torre da Vitória Poder de aumentar o ataque, a velocidade e os Pontos de Vida temporariamente.
Portões de Charminar Cria Mansabdars, que aumentam o ataque e os Pontos de Vida das outras unidades.
Japoneses
Monumento Bónus
Santuário de Toshogu Aumenta as rendas geradas pelos santuários.
Grande Estátua de Buda Revela temporariamente a localização de todos os inimigos.
Xogunato As unidades militares treinam mais rápido e custam menos 5%.
Pavilhão Dourado Melhora unidades militares terrestres, aperfeiçoamento do arsenal.
Portões de Torii Ganha pontos de experiência vezes 1,5 (+ 50%).
Chineses
Monumento Bónus
Templo do Céu Pode curar todas as suas unidades, monges agora também podem curar unidades.
Pagode Branco Aumenta o ataque e os Pontos de Vida de monges, e aumenta o limite de construção do mesmo.
Escola de Confúcio Produz soldados chamados corvos (Balística).
Palácio de Verão Produz exércitos de bandeira.
Torre de Porcelana Gera recursos.

Consulados[editar | editar código-fonte]

Também há uma construção asiática importante, chamada "Consulado", pelo qual dá para conseguir provisões da europa por ela, exemplo, você escolhe a nação Portuguesa pelo Consulado e assim poderá comprar Besteiros, Mosqueteiros Guerreiros, Canhões, etc. Para comprar provisões haverá um novo ícone de recurso, exclusivo apenas para as nações asiáticas (pois elas são as únicas que possuem consulados), esse ícone de recurso é a "Exportação", esse recurso se produz automaticamente devido a coleta de recursos do aldeão.