Agildo Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Agildo Ribeiro
Nascimento 26 de abril de 1932 (82 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Ocupação Ator, humorista
IMDb: (inglês)


Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho (Rio de Janeiro, 26 de abril de 1932)[1] é um ator e humorista brasileiro.

Filho do político Agildo Barata, Agildo Ribeiro foi casado cinco vezes. Suas esposas foram mulheres famosas como Consuelo Leandro, Marília Pera, mas passou 35 anos casado com Didi Barata Ribeiro, também atriz e bailarina, falecida em 2009.[2]

Agildo foi o primeiro ator a interpretar João Grilo, personagem principal da peça o Auto da Compadecida de Ariano Suassuna.

Humorista de enorme sucesso nos anos 1970 tanto no Brasil como em Portugal, co-estrelou diversos programas de humor da TV Globo, ao lado de Jô Soares, Paulo Silvino e Chacrinha. Nessa fase, o seu programa mais famoso foi Planeta dos Homens.[3]

Em 2013, aos 81 anos, Agildo que apesar de ter se casado 5 vezes nunca teve filhos, descobriu que era pai, de um homem de 47 anos.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • 1955 - Angu de Caroço[2]
  • 1955 - O Feijão é Nosso[1]
  • 1955 - O Grande Pintor[1]
  • 1956 - Fuzileiro do Amor[2]
  • 1958 - Esse Milhão É Meu[1]
  • 1958 - Matemática Zero, Amor Dez[1]
  • 1958 - Meus Amores no Rio[1]
  • 1959 - Amor Para Três[1]
  • 1959 - Aí Vêm os Cadetes[1]
  • 1959 - Um Homem Fora do seu Meio (inacabado)[1]
  • 1960 - Eles Não Voltaram[1]
  • 1960 - Esse Rio Que Eu Amo[1]
  • 1961 - Sócio de Alcova[1]
  • 1962 - Pluft, o Fantasminha[1]
  • 1962 -Tocaia no Asfalto[2]
  • 1963 - Marafa (inacabado)[1]
  • 1964 - Esse Mundo É Meu[1]
  • 1964 - Crime no Sacopã[1]
  • 1967 - A Espiã Que Entrou em Fria[1]
  • 1967 - Agente OSS 117[1]
  • 1967 - Como Matar um Play-Boy[1]
  • 1967 - Jerry - a grande parada[1]
  • 1968 - Na Mira do Assassino[1]
  • 1969 - A Cama Ao Alcance De Todos[1]
  • 1971 - Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva[2]
  • 1971 - Tô na Tua, Ô Bicho[1]
  • 1973 - Café na Cama[1] ... Geraldo[15]
  • 1974 - Divórcio à Brasileira[1]
  • 1974 - O Comprador de Fazendas[1]
  • 1975 - O Sexualista[1]
  • 1976 - O pai do Povo[1]
  • 1980 - Gugu, O Bom de Cama[2]
  • 2003 - O Homem do Ano[2]
  • 2008 - Casa da Mãe Joana

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab Biografia Agildo Ribeiro Museu Mazzaropi. Visitado em 9/7/2011.
  2. a b c d e f g h i Agildo Barata Ribeiro, o Agildo Ribeiro Universidade Federal de Campo Grande - Departamento de Engenharia Civil. Visitado em 9/7/2011.
  3. a b c d Agildo Ribeiro Museu da TV. Visitado em 9/7/2011.
  4. http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2013/05/aos-81-anos-agildo-ribeiro-descobre-filho-de-47-anos.html
  5. Agildo Ribeiro participa do último "Casseta & Planeta Urgente!" Rádio Clube de Pernambuco (21/12/2010). Visitado em 9/7/2011.
  6. Final feliz para Sofia: ela se casará com um ricaço cafona. Saiba quem O Globo (16/09/2011). Visitado em 9/7/2011.
  7. a b c d e f Zorra Total Memória Globo. Visitado em 9/7/2011.
  8. Isto é o Agildo RTP. Visitado em 22/08/2011.
  9. Isto é o Agildo IMDB. Visitado em 22/08/2011.
  10. Humor Livre Memória Globo. Visitado em 9/7/2011.
  11. A Festa é Nossa Memória Globo. Visitado em 9/7/2011.
  12. Estúdio A...gildo Memória Globo. Visitado em 9/7/2011.
  13. Mister Show Memória Globo. Visitado em 9/7/2011.
  14. http://memoriaglobo.globo.com/Memoriaglobo/0,27723,GYN0-5273-238219,00.htmlinserir fonte aqui
  15. Cinemateca Brasileira, Café na Cama [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.