Agnes Bernauer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Agnes Bernauer Ducissa.jpg

Agnes Bernauer (141012 de outubro de 1435) era filha de um cirurgião pobre de Augsburgo, que manteve um relacionamento amoroso com Alberto III, Duque de Baviera, filho do rei Ernesto de Baviera. Ela casou-se com Alberto de Baviera secretamente, e ele negou-se a abandoná-la para casar-se com a princesa Ana de Brunswick. Alberto sofreu todas as ameaças de seu pai, mas reconheceu publicamente Agnes Bernauer como sua esposa. Em 1435, aproveitando-se da ausência de seu filho, o rei Ernesto mandou prendê-la acusando-a de bruxaria e feitiçaria. Ela foi jogada no Rio Danúbio e morreu afogada.

Com a morte de Agnes, Alberto casou-se com a princesa Ana de Brunswick. O rei Ernesto de Baviera, arrependido de seu crime, levantou um monumento em memória da vítima.