Agur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agur era um escritor biblíco, filho de Jaque. Acredita-se que tenha vivido entre os reinados de Salomão até o reinado de Ezequias.

Identificação[editar | editar código-fonte]

Por não se ter muitas informações adicionais sobre sua identificação, alguns peritos rabínicos têm achado que o nome Agur seja alegórico e que não verdade este se aplica a Salomão. No entanto, a obra Soncino Books of the Bible (Livros da Bíblia, de Soncino)[1] ao comparar o inteiro livro bíblico de Provérbios destaque que a diferença de escrita e estilo entre os provérbios de Salomão e o atribuído a Agur (Provérbios, capítulo 30)[2] é bem diferente.

Provérbios, capítulo 30[editar | editar código-fonte]

Agur destaca a incapacidade do homem de criar a terra e tudo o que há nela. Afirma que a Bíblia é um escudo protetor e que tem poder de nos refinar. Destaca quão arrogante e ambiciosa era a geração em que vivia, fazendo um veemente combate à mentira.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Editada por A. Cohen, Londres, 1952
  2. Provérbios 30:1