Aimé-Adrien Taunay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
'Paisagem de outono' - pintura de Aimé Adrien Taunay.
'Papagaio verde', - aquarela de Aimé Adrien Taunay, c. 1819, National Library, Austrália.
Aimé Adrien Taunay: 'O Governador Cox de Maui', 1819, tinta e aquarela sobre grafite.

Aimé-Adrien Taunay (Paris, 1803 - Rio Guaporé, Mato Grosso, 5 de janeiro de 1828) foi um pintor e desenhista francês ativo no Brasil no século XIX.

Era filho de Nicolas-Antoine Taunay, membro da Missão Artística Francesa, e chegou ao Rio de Janeiro ainda adolescente, acompanhando seu pai, que foi também seu professor.

Em 1818 foi contratado pelo naturalista Louis-Claude de Saulces de Freycinet para ser o ilustrador em sua viagem de circumnavegação a bordo da corveta Uranie que durou dois anos e enfrentou um naufrágio nas ilhas Malvinas. Nessa mesma expedição estava Jacques Arago que por duas vezes passou algum tempo no Brasil convivendo com a corte dos Braganças e falecendo no Rio de Janeiro em 1855.

De volta ao Rio de Janeiro, chegou a tempo de ver a partida de seu pai para a França, permanecendo contudo no país. Em 1825 foi contratado para integrar a Expedição Langsdorff, substituindo Rugendas que se desentendera com o Barão Langsdorff. A empreitada foi repleta de conflitos internos e outros desastres, e acabou por cobrar a vida do artista, tragado pela correnteza do rio Guaporé quando tentava atravessá-lo a nado, em janeiro de 1828.

Deixou preciosa documentação visual dos territórios por onde passou, mas além do simples retrato da paisagem preocupou-se em incluir elementos que registrassem aspectos sócio-culturais, como os habitantes do local e seus costumes, inserindo-o na corrente dos artistas românticos do século XIX.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • COSTA, Maria de Fátima . Aimé-Adrien Taunay: Um artista romântico no interior de uma expedição científica. Fênix - Revista de História e Estudos Culturais, out-dez 2007. Vol. 4, ano IV, nº 4 [1]
  • TAUNAY, Afonso de E. A missão artíostica de 1816. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1983.
  • BENEZIT, E. Dictionnaire, etc. Paris: Gründ, 1999.
  • BRAGA, Teodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Edit., 1942.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aimé-Adrien Taunay