Akebono Tarō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Akebono Tarō.

Taro Akebono (Akebonotarou, 8 de maio de 1969 - presente, registrado como Chad Haaheo Rowan) é um lutador de sumô americano de Oahu, Havaí, que fez história ao se tornar o primeiro não-japonês a atingir o topo dos rankings no Sumô.[1]

Teve curta carreira no MMA pride championship . Com seus 2,03 metros de altura causou um pouco de intimidação em seus adversários do pride. Em 31 de dezembro de 2006 akebono se tornou mais conhecido, após perder uma luta para Giant Silva, o lutador mais alto da história do MMA.

Cartel no Kickboxing[editar | editar código-fonte]

Kickboxing record

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Resultado Recorde Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Loss 0-4 Brasil Giant Silva Submission (Kimura) K-1 PREMIUM 2006 Dynamite!! 02006-12-31 31 de dezembro de 2006 1 1:02 Osaka, Japan
Loss 0-3 Estados Unidos Don Frye Submission (guillotine choke) Hero's 5 02006-05-03 3 de maio de 2006 2 3:50 Tokyo, Japan
Loss 0-2 Nigéria Bobby Ologun Decision (unanimous) K-1 Premium 2005 Dynamite 02005-12-31 31 de dezembro de 2005 3 5:00 Osaka, Japan
Loss 0-1 Brasil Royce Gracie Submission (omoplata) K-1 PREMIUM 2004 Dynamite!! 02004-12-31 31 de dezembro de 2004 1 2:13 Osaka, Japan

Referências

  1. tatame.com.br/ Top 10: veja quem são os lutadores mais bizarros da história do MMA
Ícone de esboço Este sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Akebono Tarō