Al-Anbar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Província de Al-Anbar
محافظة الأنبار
Localização de Província de Al-Anbar
32° 54' N 41° 36' E
País  Iraque
Capital Ramadi
Área
 - Total 137 808 km²
População (2003)
 - Total 1 230 000
- Principal idioma Árabe

Al-Anbar (em árabe: الأنبار; transl. al-’Anbār) é a maior das 18 província do Iraque, em termos geográficos. Abrange boa parte do território ocidental do país, e faz fronteira com a Síria, Jordânia e Arábia Saudita. A província é majoritariamente árabe e sunita.

Sua capital é Ar Ramadi, e entre outras cidades importantes estão Faluja e Haditha.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A província era conhecida como Dulaim até 1962, quando passou a se chamar Ramadi, recebendo o nome atual em 1976. Sua origem é o persa Anbār (انبار), uma palavra que significa "arsenal", proveniente do persa médio Ambarag. Através da assimilação de vocabulário do persa no árabe, durante a conquista islâmica da Pérsia, a palavra passou a significar "granários". A província recebeu o nome por ser o principal entreposto nas fronteiras ocidentais do Reino Lacmida.

População[editar | editar código-fonte]

População histórica[editar | editar código-fonte]

Na década de 1920, a província tinha 250.000 pessoas, de uma população total de 2 milhões, em todo o Iraque. Acredita-se que a população total de Anbar era de 2 a 6 milhões de pessoas, na década de 1960, porém não existem fontes precisas, pois a região era perigosa na época, e a maior parte dos residentes vivia nas margens do rio Eufrates, fora de cidades e aldeias; cerca de 1,9 e 2,9 milhões de habitantes, no entanto, habitavam os outros distritos de Al Anbar.[1]

De acordo com estatísticas do Ministério do Comércio, em 1999, cerca de 1,5 milhões de pessoas habitavam as sete maior cidades da província de Al Anbar. As cidades de Faluja (650.000) e Ramadi (700.000) totalizavam mais de 1,3 milhões de habitantes.

De acordo com estatísticas de 2003 da ONU, a população de Al Anbar seria de 1.230.169 habitantes.[2] Segundo o governador da província, Maamoon Sami Rasheed al-Alwani, estas estatísticas estariam incorretas, pois não incluiriam todas as cidades e aldeias de Al Anbar.[carece de fontes?]

População atual[editar | editar código-fonte]

Não existem estimativas precisas da população que incluam todas as cidades e aldeias de Anbar. De acordo com uma estimativa de 2003 feita pela ONG Coordination Committee in Iraq, a população seria de 1.230.140 de habitantes.[3]

A maior parte dos habitantes da província é de muçulmanos sunitas, da tribo Dulaim.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A maior parte da província de Al-Anbar se encontra no Deserto da Síria. A geografia da região é uma combinação de estepes e desertos, caracterizados por um clima desértico, baixa precipitação e uma grande variação de temperaturas entre o dia e a noite. As temperaturas no verão chegam a 42 graus Celsius, enquanto no inverno podem chegar a 9 graus. Os ventos noroeste e sudoeste podem chegar a um máximo de 21 metros por segundo. A média de chuvas no inverno é de 115 milímetros.[carece de fontes?]

As produções agriculturais mais importantes de Al-Anbar são trigo, batatas, cevada, milho e outros legumes e verduras. Existem também diversos pomares, e a província tem 2,5 milhões de palmeiras. A agricultura depende muito da irrigação, bem como dos rios, poços e das chuvas.

Al Anbar.

O rio Eufrates cruza a província diagonalmente, do norte para o sudeste, passando por seis dos sete distritos:

O distrito de Ar Rutba ocupa a maior parte da área da província, e ocupa a área desértica do seu sudoeste.

Cidades[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Iraque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.