Al Bayda' (Líbia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da Líbia.
Al Bayda - vista noturna.

Al Bayda (em árabe: البيضاء - Al Baiḍāʾ), também soletrada como Al-Baidhah, El-Beda e Beida e conhecida como Beda Littoria durante a ocupação italiana, é a quarta maior cidade da Líbia.[1]

A história de Al Bayda se prolonga até a Grécia Antiga, quando ela era chamada de Balagrae, uma das maiores cidades da Pentápolis líbia.

É a segunda maior cidade no leste da Líbia, com uma população de 250 000 habitantes.[2] A cidade teve um dos melhores planos de urbanização e de enquadramento no meio ambiente do país, tornando-a potencialmente turística. Foi sede da Jihad Líbia contra os italianos, e lá esteve a sede do quartel-general de Omar al-Mukhtar. Foi também a capital administrativa do país, no reinado do rei Idris al-Sanusi, o ex-governante da Líbia.

Nela foi realizada, em 24/02/2011, a reunião que resultou na criação do NTC, Conselho Nacional de Transição, que liderou a revolução que depôs o ditador Gadafi e administrou as cidades que já haviam sido liberadas, a maioria delas situadas no litoral leste.

Referências

  1. Libya Cyrene to re-enchant ; Libération journal , 30 April 2011(francês)
  2. - The new work times
Ruínas do teatro grego em Balagrae.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Al Bayda' (Líbia)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Líbia, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.