Alan & Aladim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alan & Aladim
Informação geral
Origem Brasil
País  Brasil
Gênero(s) Sertanejo
Período em atividade 1976 - presente
Gravadora(s) CBS, Copacabana
Página oficial alanealladin.com.br/

Alan & Aladim são uma dupla sertaneja brasileira formada em 1976,[1] que atualmente conta com um novo cantor no lugar de Aladim.

Os membros da formação original eram Edmilson Fernades Machado, o Alan, nasceu em Ribeirão Preto (SP) no ano de 1962.[1] e José Nascimento Cardoso, o Aladim,[1] [2] nasceu em Visconde do Rio Branco (MG) no ano de 1956 e faleceu em 1992.[1] [2]

História[editar | editar código-fonte]

Formaram a dupla no ano de 1976, durante um concurso musical onde Aladim deu nota zero a Alan num concurso musical. Alan, antes da carreira artistica, foi torneiro mecânico. Aladim teve outras duplas com outros parceiros antes de formar a dupla Alan e Aladim e tocou quatro anos com João Mineiro & Marciano.[1] Alan & Aladim gravaram o seu primeiro LP no ano de 1981, pela gravadora CBS/Sony Music com ajuda de Marciano (João Mineiro e Marciano).[3] Na época a CBS estava investindo na área sertaneja, contudo fecharam seu departamento sertanejo e eles ficaram sem gravadora.[3]

Mais uma vez Marciano os apoiou, levando a dupla para a Copacabana onde permaneceram até o último LP. Em seu 1º LP pela nova gravadora fizeram sucesso com a música "Parabéns Amor",[3] mesmo assim ficaram quase três anos sem gravar. Gravam mais três álbuns, sendo um no ano de 1987 que vendeu quase um milhão de cópias[1] e os consagrou em todo Brasil,[3] um segundo no ano de 1989 que vendeu mais de 500 mil[1] repetindo o sucesso do disco anterior. Ainda em 1989, entraram na lista feita pela revista Trip chamada "os ídolos dos caminhoneiros".[4]

Em 1991 lançaram o último álbum com a formação original. Este último teve como sucesso a canção "Remédio ou Veneno".[3]

A formação original terminou em 1992, com o falecimento de Aladim, devido a complicações que ocorreram durante uma cirurgia.[2] [1] [3]

Em 1996, formou novamente a dupla, onde a gravadora Copacabana fez uma seleção para encontrar um substituto que assumisse o nome artístico de Aladim, e o parceiro escolhido desta vez foi com Patrick (Zailton de Oliveira Dias), um cantor de músicas italianas nas noites de São Paulo, adotando Alan e Alladin (com l's dobrados e N' no final).[1] [3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i Alan e Aladim - Dados Artísticos (em português). Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Página visitada em 27 de maio de 2013.
  2. a b c G.P. (2 de novembro de 2010). Curiosidade cerca túmulo de cantor (em português). Mogi News. Página visitada em 27 de maio de 2013.
  3. a b c d e f g Helder Maldonado. Juntos de Novo - Página 41 - Edição #147 (em português). Revista Sucesso. Página visitada em 13 de abril de 2014.
  4. Arthur Veríssimo (Novembro de 1989). "Os Ídolos dos Caminhonheiros" (em português). Trip. Página visitada em 13 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.