Albano Franco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Albano Franco
Foto:José Cruz/ABr
Governador de  Sergipe
Mandato 1º de janeiro de 1995
1º de janeiro de 2003
Antecessor(a) João Alves Filho
Sucessor(a) João Alves Filho
Senador por  Sergipe
Mandato 1º de fevereiro de 1983
1994
Deputado federal por  Sergipe
Mandato 1º de fevereiro de 2007
1º de fevereiro de 2011
Deputado estadual de  Sergipe
Mandato 1º de janeiro de 1967
1º de janeiro de 1971
Vida
Nascimento 22 de novembro de 1940 (73 anos)
Aracaju, SE
Dados pessoais
Casamento Leonor Barreto Franco (sep.)
Partido ARENA, PDS, PRN, PSDB
Profissão empresário
linkWP:PPO#Brasil

Albano do Prado Pimentel Franco (Aracaju, 22 de novembro de 1940) é um empresário, advogado e político brasileiro com atuação em Sergipe.

Empresário[editar | editar código-fonte]

Graduado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe, atuou nas empresas da família, entre as quais a Refrescos Guararapes, detentora da franquia da Coca-Cola, (vendida ao grupo de Atlanta, em 1998), FM Sergipe, TV Sergipe – afiliada da Rede Globo no estado. Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (1971-1977), foi diretor da Confederação Nacional da Indústria (1977-1980) e presidente da referida entidade (1980-1994). De seu casamento com Leonor Barreto Franco, teve dois filhos: Ricardo Franco e Adélia Franco Maranhão. Seu irmão, Walter do Prado Franco Sobrinho, foi deputado estadual e é um dos proprietários da TV Atalaia.

Político[editar | editar código-fonte]

Um dos nove filhos do político sergipano Augusto Franco, sua carreira política teve início com sua eleição em 1966 para deputado estadual pela ARENA. Vice-presidente da executiva regional (1971-1972) e secretário-geral da legenda (1979), foi eleito primeiro suplente do senador Lourival Batista em 1978 e chegou a exercer o mandato mediante convocação. Restaurado o pluripartidarismo, ingressou no PDS e foi eleito senador em 1982, sendo reeleito pelo PRN em 1990. Migrou para o PSDB e foi eleito governador de Sergipe em 1994, derrotando Jackson Barreto no 2º turno e renunciando ao mandato de senador em favor do suplente, José Alves do Nascimento. Seria reeleito em 1998 derrotando, desta vez, João Alves Filho em 2º turno. Elegeu-se deputado federal em 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.