Alberto Contador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto Contador
Contador em 2010
Contador em 2010
País Flag of Spain.svg Espanha
Data de nascimento 6 de dezembro de 1982 (32 anos)
Local de nascimento Pinto (Madri)
Altura 1.76 m
Peso 62 kg
Informação de Equipas
Disciplina Estrada
Tipo de corredor Trepador e Contra-relogista
Profissional
2003–2006
2007
2008–2010
2011
Liberty Seguros
Discovery Channel
Astana
Saxo Bank-SunGard
Maiores vitórias
Jersey yellow.svg Tour de France (2007, 2009), 1 etapa
Jersey white.svg Classificação da juventude (2007)

Jersey pink.svg Giro d'Italia (2008)
Jersey red.svg Vuelta a España (2008, 2012, 2014), 3 etapas

Jersey white.svg Classificação do combinado (2008, 2014)

Paris-Nice (2007)
Semana Catalã (2005)
Volta ao País Basco (2008)
Volta a Castela e Leão (2007, 2008)

Última actualização da infobox:
27 Jan 2009

Alberto Contador Velasco (Pinto, Madrid, 6 de dezembro de 1982) é um ciclista profissional espanhol que corre pela Tinkoff-Saxo. É um trepador nato (escalador ou montanhista, no Brasil), com boas prestações na alta montanha.

Alberto Contador não participou no Tour de France 2006 devido a alegações de envolvimento com o caso de doping conhecido como Operación Puerto, contudo foi ilibado de todas as acusações a 26 de Julho de 2006, juntamente com quatro outros elementos da sua equipe da altura, a Liberty Seguros[1] .

Foi o vencedor do Tour de France 2007 ganhando uma etapa e beneficiando da desqualificação, a quatro etapas do fim, do líder Michael Rasmussen. Não participou no Tour de 2008 porque a sua equipe não tinha sido convidada. No ano seguinte, ganhou o Tour de 2009 onde ganhou 3 etapas.

Em 2010 voltou a repetir vitória no 2010 mas desta vez não conseguiu ganhar nenhuma etapa. No fim do Tour foi anunciado o seu positivo por Clenbuterol num controle anti-doping realizado antes da etapa 17 com final no Col du Tourmalet. Contadors, perde a sua vitória no Tour em 2010, a favor de Andy Schleck do Luxemburgo[2] .

Foi também vencedor do Giro d'Italia e Vuelta a España de 2008.

Alberto Contador é considerado um dos melhores ciclistas da atualidade. Venceu por duas vezes o Tour de France (2007 e 2009), uma vez o Giro d'Italia (2008) e 2 vezes a Vuelta a España (2008 e 2012). Venceu outras competições de renome, como por exemplo a Vuelta al País Vasco e a Paris-Nice. É também um excelente contra-relogista, tendo até batido Fabian Cancellara no Tour de France de 2009.

Suspensão[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2012 Contador foi sancionado com dois anos de suspensão pelo Tribunal Arbitral do Desporto (CAS), confirmando o controle antidoping positivo pela presença da substância proibida clembuterol no Tour de France 2010.

Contador enfrentou uma suspensão de toda a atividade desportiva de dois anos, mas com efeitos retroativos à 2010, o que significou que o espanhol ficou de fora das corridas somente por cinco meses, até 6 de agosto 2012. Ainda assim, não pôde alinhar na edição de 2012 da Volta a França. Ele foi desapossado da camisola amarela da Volta a França de 2010 e da camisola rosa do Giro d'Italia de 2011, juntamente com os demais resultados conquistados no período.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Alberto Contador