Alberto Ricardo da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
D. Alberto Ricardo da Silva
Bispo da Igreja Católica
Diocese de Díli
D. Alberto Ricardo da Silva.jpeg
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Díli
Nomeação 6 de março de 2004
Mandato 2004
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 15 de agosto de 1972
Nomeação Episcopal 27 de fevereiro de 2004
Ordenação Episcopal 2 de maio de 2004 Bispo de Díli
Brasão Episcopal
Dados Pessoais
Nascimento Portugal Aileu
24 de março de 1943
Nacionalidade Timor-Leste Timor-Leste
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Alberto Ricardo da Silva é o actual bispo de Díli, tendo sido consagrado no dia 2 de maio de 2004, em Timor-Leste.

Nasceu em 24 de abril de 1943 em Aileu, no então Timor Português, hoje é conhecido por Timor-Leste.

Formação e Presbiterado[editar | editar código-fonte]

Estudou no Seminário de Díli, e depois foi enviado para o Seminário Maior de S. José, de Macau, onde estudou filosofia. Devido aos acontecimentos da revolução cultural chinesa em Macau, o referido seminário foi encerrado em 1967. Assim, teve que vir estudar teologia no Seminário Diocesano de Leira.

Foi ordenado padre em 15 de agosto de 1972 em Portugal. Entretanto, foi para a Pontifícia Universidade Gregoriana onde possui uma licenciatura em Teologia Espiritual.

De retorno a seu país, foi: vice-pároco em Ossu (1972-73); diretor espiritual no Seminário de Nossa Senhora de Fátima de Dare (1973-74); pároco em duas paróquias (1974-80); vigário-geral de Díli (1980-92). "Estava decidido a morrer",[1] quando era vigário-geral de Diocese de Díli e foi interrogado pelos militares na sequência da Massacre no Cemitério de Santa Cruz, de 12 de novembro de 1991.

Estudou em Roma (1992-94); foi Reitor no Seminário de Nossa Senhora de Fátima, em Dare (1995-2000); e desde 2000, era Reitor do Seminário Maior de São Pedro e São Paulo, em Fatumeta, em Díli.

Episcopado de Díli[editar | editar código-fonte]

O Papa Paulo II nomeou bispo de Díli no dia 27 de fevereiro de 2004. Está à frente da Diocese de Díli desde 2 de maio de 2004, tendo substituído D. Basílio do Nascimento Martins, entretanto ordenado bispo da recém-criada Diocese de Baucau. Foi o seu congrasador principal o D. Basílio do Nascimento, e os seus assistentes principais o arcebispo Peter Turang, de Kupang, e o Bispo Tomás Pedro Barbosa da Silva Nunes, prelado titular de Elvas.

No dia 8 de maio de 2014, os três bispos timorenses, D. Alberto Ricardo da Silva, Bispo de Díli; D. Basílio do Nascimento Martins, Bispo de Baucau; D. Norberto do Amaral, Bispo de Maliana; pediram a tradaslação do corpo do Administrador Apostólico de Díli, D. Martinho da Costa Lopes, de Portugal, ao Presidente da República, Taur Mak Ruah, e ao primeiro-ministro, José Alexandre "Kay Rala Xanana" Gusmão.

Referências

  1. Isabel Marisa Serafim "Estava decidido a morrer", 11 de novembro de 2011

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Circunscrições eclesiásticas da Igreja Católica em Timor-Leste
Dioceses
(directamente subordinadas à Santa Sé)
Baucau | Díli | Maliana